• Radio Catedral

Novos decretos reforçam as medidas de prevenção à Covid-19 em Juiz de Fora

Por Fabíola Castro

*Foto: PJF.

Na manhã desta sexta-feira (5), a Prefeita de Juiz de Fora, Margarida Salomão, concedeu uma entrevista coletiva à imprensa para informar sobre as novas medidas de enfrentamento à pandemia da Covid-19 no município.


Margarida explicou que tem mudado o perfil do quadro epidemiológico da cidade, que aponta para um número maior no contágio de jovens, ao contrário do que vinha acontecendo nos meses anteriores.

De acordo com os dados da área da saúde, o número elevado de jovens contaminados demanda leitos, além de um maior tempo em internações nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs), como destacou a Prefeita.

A Chefe do Executivo juiz-forano ressaltou que o município não está em situação de colapso apesar das medidas.

Dois decretos foram publicados pela Prefeitura nesta sexta-feira (5) alterando pontos do programa municipal “Juiz de Fora pela Vida”.

Os bares podem funcionar de 8h às 18h, de segunda a domingo, com consumação no local. Após esse horário não há possibilidade de manutenção do serviço mesmo de delivery ou retirada na porta do estabelecimento.


Margarida destacou que a fiscalização se tornará ainda mais eficaz, uma vez que a Agência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JF) atuará junto à "Fiscalização pela Vida", em uma ação conjunta com os outros órgãos: Fiscais de Posturas da Secretaria de Sustentabilidade em Meio Ambiente e Atividades Urbanas (Sesmaur); Guardas Municipais, da Secretaria de Segurança Urbana e Cidadania (Sesuc); agentes de transporte e trânsito, da Secretaria de Mobilidade Urbana(SMU) e Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG).

Outra determinação será para que a Secretaria de Mobilidade Urbana disponibilize para a população a frota máxima de ônibus nas ruas.

A Prefeita de Juiz de Fora, Margarida Salomão, reforçou a importância da fiscalização das ações de contenção da pandemia na cidade e frizou que a meta é ter toda população vacinada.

O prazo de adequação para as mudanças estabelecidas nos novos decretos é de cinco dias, a partir desta sexta-feira (5).

0 comentário