• Radio Catedral

Novembro azul: cuidar da saúde do homem

Por Fabíola Castro

*Foto: Shutterstock.

No Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens (atrás apenas do câncer de pele não-melanoma). Em valores absolutos e considerando ambos os sexos, é também o segundo tipo mais comum, segundo informações do INCA – Instituto Nacional do Câncer.


A campanha Novembro Azul alerta para essa questão muito importante que é a saúde do homem. Estamos ainda em um período de pandemia em que muitas pessoas deixaram de ir ao médico fazer seus exames de rotina, por diversos motivos.


A iniciativa vem mostrar a importância da realização dos exames preventivos, para que se algo estiver fora do normal, o diagnóstico seja precoce e a doença tenha chances de cura. Neste mês, essa campanha também pretende mostrar aos homens que eles devem estar atentos a sua saúde em geral.


No quandro "Bendita Saúde" desta quinta-feira (11), o médico urologista do Hospital Universitário (HU), da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), Dr. Carlos Gervason falou sobre esse tema. Confira abaixo:



Nesse mês, é realizada a Campanha Novembro azul que foca na saúde do homem, especificamente na prevenção ao câncer de próstata. Ainda hoje, é difícil convencer os homens da importância dos cuidados, da prevenção?


A campanha nesse mês é de prevenção ao câncer de próstata e o que é a próstata?


O que é o câncer de próstata?


Quais os fatores de risco para o câncer de próstata?

O câncer de próstata dá sintomas? Se sim, quais podem aparecer que levem a desconfiar de algo que possa estar errado com a próstata?


Quando falamos em cuidar da saúde, a primeira atitude recomendada é a prevenção sempre que possível. Em relação ao câncer de próstata, como prevenir?


O câncer de próstata atinge a muitos homens? Qual a incidência?


Então, diante de todas as informações já repassadas pelo senhor, mesmo os homens sem sinais ou sintomas, dentro da faixa etária recomendada, precisam fazer exames para detecção precoce do câncer de próstata?


Como é feito o diagnóstico?


O profissional que o paciente deve procurar nesse caminho de prevenção seria logo o urologista?


Qual a importância da campanha realizada nesse mês, Novembro Azul?


Como e onde as pessoas, nesse caso, os homens podem, por meio do SUS, buscar atendimento?


Finalizando a nossa entrevista, quais considerações o senhor julga importantes destacar?



0 comentário