top of page
  • Foto do escritorRadio Catedral

Nas Eleições de domingo (2) cinco cargos estarão em disputa – Cientista Político fala sobre eles

Por Fabíola Castro

*Foto: Rádio Senado/reprodução.

Brasileiros e brasileiras vão às urnas neste domingo, 2 de outubro para as Eleições 2022. Cinco cargos estarão em disputa: dois para o poder Executivo: Governador e Presidente da República, e três no âmbito do poder Legislativo: Deputado Federal, Estadual e Senador.

De acordo com o Professor da Estácio e Cientista Político, Marcos Paulo Quadros, o processo eleitoral brasileiro obedece a dois sistemas distintos para cargos políticos, o proporcional e o majoritário com algumas características diferentes para contagem de votos.


Marcos Paulo Quadros explica as principais atribuições dos cargos que serão eleitos para representar o povo e o país.


Neste ano, algo que chamou a atenção nas campanhas e horários eleitorais são os grupos ou coletivo de apoiadores junto do nome do candidato a Deputado ou Senador e que concorrem a um mandato coletivo. O Cientista Político, Marcos Paulo Quadros, explica essa prática.


Uma manifestação particular, segundo Marcos Paulo Quadros, os votos brancos e nulos não são computados, como explica ainda o Cientista Político.


Conforme o Cientista Político, Marcos Paulo Quadros, votos brancos e nulos não anulam eleições.


Na hora da votação, é importante ter atenção à ordem estabelecida na urna eletrônica, iniciando com Deputado Federal que é o primeiro cargo a ser votado com 4 dígitos, representando o número do candidato; em seguida, Deputado Estadual com 5 dígitos; depois para Senador e seus dois suplentes: o eleitor deve teclar 3 dígitos; logo em seguida Governador e Vice-Governador: 2 dígitos; e finalizando a votação com Presidente e Vice-Presidente da República: também 2 dígitos.

Vale lembrar que os dois primeiros dígitos, para todos os cargos, referem-se ao número da agremiação partidária do candidato e que o eleitor pode levar um lembrete consigo, anotado em um papel, uma 'colinha', para digitar corretamente na cabina de votação. Destacando que o celular não será permitido, apenas no caso da apresentação do E-título.


Confira também:


19 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page