• Radio Catedral

Na reta final da preparação para o Enem, pedagoga dá dicas para turbinar os estudos

*por Danielle Quinelato

A pouco menos de um mês para a aplicação das provas do Exame Nacional do Ensino Médio(Enem) , previstas para acontecer nos dias 21 e 28 de novembro, otimizar o tempo de estudo e privilegiar a saúde mental podem ser determinantes para o desempenho dos estudantes.

A coordenadora do curso de Pedagogia da Estácio, Francisca Pires, lembra que a preparação emocional é tão importante quanto a preocupação com o conteúdo.


Para quem está perdido na preparação com a proximidade da prova, é importante identificar quantos dias por semana tem para estudar e quantas horas por dia. A partir daí, a sugestão é montar um cronograma, dividindo quais matérias serão estudadas diariamente. Se a preparação é de última hora, a dica de Francisca Pires é se dedicar às disciplinas que tem mais dificuldade.


A coordenadora do curso de Pedagogia também fala da temida redação.


Como a prova do Enem é conhecida por ser bem extensa, Francisca Pires indica qual a melhor forma de os candidatos administrarem bem o tempo de prova.


No primeiro dia de aplicação do Enem, em 21 de novembro, o candidato responde a 90 questões objetivas, sendo 45 questões das disciplinas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e outras 45 questões das disciplinas de Ciências Humanas e suas Tecnologias, além da redação dissertativo-argumentativa. Os participantes devem chegar ao local da prova com antecedência, já que os portões abrem às 12h e fecham às 13h. A duração da prova é de cinco horas e meia, de 13h30 até às 19h.

O segundo e último dia de aplicação do Enem ocorre em 28 de novembro. Neste dia, o candidato responde a 90 questões de Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias, tendo cada uma das áreas 45 questões objetivas. Assim como no primeiro dia, os portões abrem às 12h e fecham às 13h. A duração da prova é de cinco horas, de 13h30 até às 18h30.

0 comentário