top of page
  • Foto do escritorRadio Catedral

"Não basta cantar, é preciso ser parte da comunidade que reza", diz maestro do Coral Benedictus

Por Roberta Oliveira



A importância do canto na Liturgia Católica foi o tema de um curso de introdução aos interessados em fazer parte do Coral Arquidiocesano Benedictus. Segundo o maestro, Padre João Francisco Batista da Silva "não basta cantar, é preciso ser parte da comunidade que reza".


As aulas ao longo do mês de julho foram ministradas pelo Maestro do Coral Benedictus; pelo Maestro da Orquestra Sinfônica Pró-Música, Victor Cassemiro e pela Cantora Tamara Medeiros. O Padre João Francisco explicou como o canto amplia a experiência da participação na Liturgia.


Padre João Francisco destacou que o integrante de um coral precisa compreender como cantar a Missa.


O Maestro do Coral Benedictus, o Padre João Francisco Batista da Silva, reforçou a importância de cada integrante para o canto coral nas celebrações.


O Coral Arquidiocesano Benedictus foi criado há mais de dez anos pelo Arcebispo Metropolitano, Dom Gil Antônio Moreira. O grupo se dedica ao canto litúrgico e ao repertório da Música Sacra, animando celebrações na Catedral de Santo Antônio, em diversas igrejas de Juiz de Fora e em outras cidades de Minas Gerais.

26 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page