top of page
  • Foto do escritorRadio Catedral

Mudanças em rótulos de alimentos ajudam consumidor a fazer escolhas mais conscientes

Por Danielle Quinelato


No “Bendita Saúde” desta terça-feira (18), falou-se sobre a leitura dos rótulos dos produtos alimentícios. Isso porque os alimentos fabricados a partir do dia 9 de outubro deverão seguir os novos rótulos determinados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), para facilitar a informação para o consumidor. Segundo a agência, o objetivo é melhorar a clareza e legibilidade dos rótulos e, assim, auxiliar a pessoa a fazer escolhas alimentares mais conscientes.


A tabela de informação nutricional passa a ser branca com letras pretas para ressaltar a informação. Além disso, a tabela deve estar localizada, em geral, próxima à lista de ingredientes e em superfície contínua, ou seja, não poderá ser apresentada em áreas encobertas ou de difícil visualização. A principal mudança é a identificação dos produtos com alto teor de açúcar, gordura saturada e sódio que, em excesso, podem fazer mal à saúde. Um selo identificado com uma lupa constará na frente das embalagens, na parte superior.


Sobre o assunto, a Rádio Catedral ouviu a professora do curso de Nutrição da Estácio Juiz de Fora, Fernanda Albuquerque. Confira o que ela disse sobre a mudança proposta pela Anvisa e sobre como interpretar os rótulos dos alimentos.


Qual a importância dessa medida?


Essa medida vem chamar nossa atenção para a importância de se saber interpretar os rótulos dos alimentos. Quais informações estão (ou deveriam estar) presentes nos rótulos dos alimentos?


E todos os produtos têm que apresentar a informação nutricional?


Quais nutrientes devem ser declarados de forma obrigatória na tabela nutricional?


A quais dessas informações das embalagens as pessoas devem se atentar mais?


Quais serão os limites nutricionais para um alimento ser considerado alto em açúcar, gordura saturada e sódio?


Quais elementos preferencialmente devem estar 'zerados', para uma vida mais saudável?


Há algumas informações nutricionais obrigatórias - porção, calorias e percentual de valores diários, por exemplo. O que significa cada uma?


Qual a diferença entre produtos diet e light?


Fernanda Albuquerque falou mais sobre a importância da medida da Anvisa.


As mudanças nos rótulos foram estabelecidas pela resolução 429 da Diretoria Colegiada da Anvisa e pela Instrução Normativa 75, publicadas em outubro de 2020. Os prazos estipulados pela vigilância sanitária para a substituição dos rótulos são:


- produtos que entraram no mercado a partir de 9 de outubro de 2022 já devem respeitar as novas regras;


- alimentos que já se encontram no mercado devem ter os rótulos substituídos até 9 de outubro de 2023;

- alimentos fabricados por agricultor familiar ou empreendedor familiar rural, empreendimento econômico solidário, microempreendedor individual, agroindústria de pequeno porte, agroindústria artesanal e alimentos produzidos de forma artesanal têm até 9 de outubro de 2024 para se adequarem;


- bebidas não alcoólicas em embalagens retornáveis, até 9 de outubro de 2025.

50 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page