top of page
  • Foto do escritorRadio Catedral

Motorista é indiciado por atropelamento com morte em garagem de empresa de ônibus de Juiz de Fora

Por Rádio Catedral


A Polícia Civil de Minas Gerais anunciou a conclusão da investigação do atropelamento na garagem de uma empresa de ônibus, que causou a morte do motorista Francisco Venâncio, em junho de 2022, em Juiz de Fora. Segundo a corporação, o motorista de 63 anos foi indiciado por homicídio culposo, quando não há intenção de matar.


De acordo com o delegado Rogério de Mello Franco Assis Araújo, laudos periciais que constam nas mais de 400 páginas do inquérito não apontaram falha mecânica ou elementos de responsabilidade de terceiros que ocasionaram o acidente. O resultado já foi remetido à justiça. A Polícia Civil esclareceu que o indiciado segue em liberdade porque a legislação não determina prisão preventiva em crimes culposos.



Saiba mais:

11 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page