• Radio Catedral

Máscaras: proteção individual e coletiva contra a Covid-19

Por Fabíola Castro

Imagem: Pixabay.

Antes da pandemia causada pelo novo coronavírus era quase impensável ver a população usando máscaras de proteção nas ruas. Mas essa situação mudou e o seu uso hoje se faz extremamente necessário.


Em Juiz de Fora, no dia 20 de abril de 2020, entrou em vigência o Decreto Municipal nº 13.893, que tornava o uso de máscaras de proteção facial obrigatório no município, como forma de conter a disseminação do novo coronavírus, causador da Covid-19.


O médico Cardiologista e Intensivista do CTI Covid da Santa Casa de Misericórdia Juiz de Fora, Dr. Eduardo Borato, explica, em entrevista, sobre a importância do uso correto da máscara de proteção individual. Confira:


Como ocorre a transmissão do vírus?


Qual a importância do uso de máscaras no combate à pandemia?


A máscara é uma proteção individual, mas que protege o coletivo também?


Quais as principais diferenças entre os modelos mais usados de máscaras? Desde aquelas usadas nos serviços de saúde até as caseiras. Como elas têm que ser de fato para proteger?


Aquelas máscaras com válvulas podem ser usadas? São eficientes?


Pode-se jogar álcool nas máscaras descartáveis?


As máscaras que se dizem antivirais, de fato são, protegem?


Encontramos pessoas usando máscaras transparentes, de plástico, acrílico, elas funcionam? Inclusive, a Face shield que é um escudo facial, também de plástico ou acrílico, preso pela cabeça, também não pode ser usada sozinha?


Crianças devem usar a máscara, a partir de que idade?


O senhor acredita que o uso da máscara será ainda por um longo tempo ou ela pode se tornar um item sempre necessário, principalmente em locais mais cheios?


A prevenção ao novo coronavírus depende dos cuidados de cada um consigo e com os outros, com aquelas pessoas, em casa, no trabalho. Além dos cuidados de higiene, evitar aglomerações nesse momento é primordial?

A máscara, há cerca de um ano, tornou-se um acessório que pode salvar vidas, prevenir a contaminação e é usada em todo o mundo. Lembrando que ela deve ser colocada da forma correta, cobrindo sempre o nariz e a boca, não deve ser usada no queixo, pendurada na orelha, no braço, no bolso. Ela tem que estar o tempo todo no rosto da forma certa. Evitar também levar as mãos à máscara sem higienizá-las, assim como ao rosto. Quando for retirar também tomar cuidado, retirar pelo elástico.


O uso da máscara deve sempre estar aliado com a higiene das mãos, lavando-as ou usando álcool em gel, além do distanciamento social. Evitar aglomerações e tomar todos esses cuidados sempre que precisar sair de casa, seja para os seus afazeres indispensáveis, para ir ao trabalho, enfim, cuidado em todo lugar! Pode parecer tudo muito complicado, cansativo, mas não é! São atitudes necessárias, pela nossa saúde!

0 comentário