top of page
  • Foto do escritorRadio Catedral

"Laudate Deum": Exortação anunciada em encontro com reitores de universidades foi publicada


Laudate Deum: "Não podemos deixar aos nossos filhos apenas bens, devemos deixar-lhes princípios, esforços para mudar o mundo". Essa exortação apostólica o próprio Pontífice apresenta como uma segunda parte da Laudato si', escrita há oito anos.


Por Fabíola Castro

Exortação Apostólica Laudate Deum do Papa Francisco | Foto: Vatican News.

O título da nova Exortação Apostólica do Papa Francisco "Laudate Deum" já havia sido anunciado pelo Papa Francisco no fim de setembro quando se encontrou com reitores de universidades latino-americanas e com os quais refletiu sobre vários tópicos, como migração, mudança climática e exclusão.


Os reitores da Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ) e Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) participaram do encontro em Roma.


Laudate Deum” é o título da carta. Porque um ser humano que pretenda tomar o lugar de Deus torna-se o pior perigo para si mesmo". Com essas palavras, conclui-se a exortação apostólica do Papa Francisco, publicada neste último 4 de outubro, dia de São Francisco de Assis. Um texto em continuidade com a encíclica ‘Laudato si' de 2015.


Em seis capítulos e 73 parágrafos, olhando para a COP28 em Dubai daqui a dois meses, o sucessor de Pedro pretende fazer um apelo à corresponsabilidade diante da emergência das mudanças climáticas, porque o mundo "está desmoronando e talvez se aproximando de um ponto de ruptura". É um dos "maiores desafios que a sociedade e a comunidade global enfrentam", "os efeitos das alterações climáticas recaem sobre as pessoas mais vulneráveis”.


Participação de reitores da UFSJ e UFJF


Em nota, divulgada logo após o encontro dos reitores com o Papa, a UFSJ disse que está, a partir de agora, junto ao Vaticano na construção de “um mundo igualitário, justo e pacífico.” O ofício foi entregue pelo reitor Marcelo Andrade ao Papa Francisco em cerimônia pública.


No encontro, a UFSJ presenteou o Sumo Pontífice com a escultura Madonna in Blues & Gold, obra sacra confeccionada pelo artista plástico e ex-professor da instituição, Rogério Godoy. O Santo Padre agradeceu, apreciando a extrema expressividade inscrita na simplicidade da obra.


Marcelo Andrade representou a UFSJ no Encontro Internacional de Universidades Sul-Americanas e Caribenhas Organizando La Esperanza. Coordenado pelo Grupo de Cooperação Internacional de Universidades Brasileiras, o encontro discutiu temas relacionados aos grandes desafios do mundo na atualidade, como mudanças climáticas, água e biodiversidade, desemprego e migração, tecnologia e tecnocracia, entre outros.


A delegação brasileira foi formada por reitoras e reitores de 41 universidades. O encontro esteve relacionado à Segunda Carta Encíclica do Pontífice, de 2015, a Laudato si [Louvado seja] – sobre o cuidado da casa comum, voltada às questões ambientais e sociais.


O reitor da UFSJ, Marcelo Andrade, falou sobre a sua participação.


O reitor da Universidade Federal de Juiz de fora (UFJF), Marcus David, também participou do Encontro de Reitores com o Papa, no fim de setembro, na Itália. A instituição divulgou uma mensagem do reitor:

“Este encontro com o Papa Francisco, para discutir questões de interesse mundial é uma deferência às universidades e uma consideração ao papel que elas podem desenvolver para a solução de problemas que afetam toda a sociedade”.
5 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page