• Radio Catedral

Juiz de Fora retorna à Faixa Vermelha do programa Juiz de Fora pela Vida

por Giovane Rezende*


Com a publicação da Nota Informativa 16, da Secretaria de Saúde, Juiz de Fora retorna à Faixa Vermelha do programa municipal de enfrentamento à Covid-19, “Juiz de Fora pela Vida”.

Baseada em um conjunto de indicadores propostos pelo Guia Orientador publicado pelo Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), em parceria com o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), a publicação classifica o município em “risco alto”.

O Secretário de Comunicação Social, Márcio de Oliveira Guerra, detalha os índices que fizeram com que a cidade regredisse no programa municipal.

Nesta faixa, bares voltam a ter funcionamento permitido apenas por delivey. Já os restaurantes permanecem com funcionamento permitido das 8h às 20h, com o consumo de bebidas alcoólicas apenas nas mesas ou balcão. O autosserviço (self service) está proibido.

Assim como na Faixa Laranja, as atividades esportivas coletivas não são permitidas. Clubes podem funcionar de segunda a sexta, e a prática de atividades físicas, como tênis e peteca, são permitidas com uma pessoa por lado na quadra. Outras atividades como futevôlei também podem ser realizadas na modalidade e de treinamento, desde que respeitado o protocolo com uma pessoa por lado da quadra.

Cursos livres voltam a ter autorização de cinco alunos por aula, respeitando o distanciamento mínimo de três metros entre os alunos. Encontros científicos, corporativos e outros de natureza comercial podem ocorrer, interditadas pistas de dança e shows, com capacidade máxima de 40 pessoas, mais 20% de staff, e limite de uma pessoa por quatro metros quadrados e 30% da capacidade do espaço.


As reuniões devem ser autorizadas pela Secretaria de Sustentabilidade em Meio Ambiente e Atividades Urbanas (Sesmaur). Organizador e participantes devem assinar termos de ciência e compromisso. Os encontros serão monitorados por uma comissão da Secretaria de Turismo (Setur), junto à entidade promotora.

A publicação de Notas Técnicas, faixas de classificação e os protocolos de biossegurança do programa “Juiz de Fora pela Vida” pode ser acompanhada no site da Prefeitura.


*Informações da Assessoria de Comunicação da Secretaria de Desenvolvimento Sustentável e Inclusivo, da Inovação e Competitividade

0 comentário