top of page
  • Foto do escritorRadio Catedral

Juiz de Fora inicia aplicação da vacina bivalente para as pessoas a partir de 18 anos

Por Rádio Catedral com informações da PJF

Público apto a receber a vacina bivalente foi ampliado em Juiz de Fora Foto: Agência Brasil

A partir desta quarta-feira, 26, a vacina bivalente está disponível para qualquer pessoa a partir de 18 anos em Juiz de Fora. A prefeita Margarida Salomão reforçou o apelo para que a população procure os postos para receber o imunizante que protege contra o vírus original da Covid-19, bem como a variante Ômicron.


O novo público se une às pessoas com comorbidades a partir de 12 anos, adolescentes em medidas socioeducativas a partir de 12 anos, população com 12 anos ou mais com imunossupressão, puérperas (até 45 dias após o parto), gestantes e pessoas com 12 anos ou mais com deficiências permanentes.


Para receber a bivalente, é necessário que a pessoa esteja vacinada com pelo menos duas doses dos imunizantes contra Covid-19, após um intervalo de quatro meses da última dose recebida.



Prefeita convoca população para se vacinar


O anúncio ocorreu nesta terça-feira, um dia após o Governo Federal divulgar a ampliação do público apto a ser imunizado na campanha contra a covid-19. Em pronunciamento nas redes sociais, a prefeita Margarida Salomão explicou quem pode procurar os locais de atendimento a partir desta quarta-feira.


A prefeita Margarida Salomão fez um apelo em prol da vacinação que é a forma de manter a covid-19 sob controle e proteger a saúde das pessoas.



Onde se vacinar


A vacinação pode ser recebida nas UBSs das 8h às 10h30 e das 13h às 16h. As grávidas e puérperas podem ir ao Departamento de Saúde da Mulher, Gestante, Criança e do Adolescente (DSMGCA), na Rua São Sebastião, 772/776, Centro, das 8h às 11h30 e das 13h às 16h. Uma opção para os maiores de 60 é o Serviço de Saúde do Idoso (Sasi), das 8h às 12h.

Pacientes acamados, que pertencem ao público prioritário, em áreas descobertas por uma Unidade Básica de Saúde (UBS) devem entrar em contato pelo telefone (32) 3214-4180.


Pessoas imunossuprimidas que podem ser vacinadas


Para receber a vacina bivalente, a pessoa imunossuprimida com 12 anos ou mais precisa ser transplantada de órgão sólido ou de medula óssea; viver com HIV; com doenças inflamatórias imunomediadas em atividade e em uso de corticoides maior ou igual a 20 mg/dia de prednisona, ou equivalente, por 14 ou mais dias; usar imunossupressores e/ou imunobiológicos que levam à imunossupressão; com erros inatos de imunidade; com doença renal crônica em hemodiálise; pacientes oncológicos que realizaram tratamento quimioterápico ou radioterápico nos últimos seis meses; e pessoas com neoplasias hematológicas.


Vacinação monovalente


A vacinação de primeiras, segundas e terceiras doses monovalentes para as crianças de seis meses de idade a menores de cinco anos acontece no Departamento de Saúde da Mulher, Gestante, Criança e do Adolescente, das 8h às 11h30 e das 13h às 16h. As crianças de cinco a 11 anos, 11 meses e 29 dias poderão se imunizar em 22 UBSs e no DSMGCA. As pessoas maiores de 12 anos também podem ser imunizadas com a monovalente nessas mesmas 22 unidades, com os jovens de 12 anos a menores de 18 anos podendo também se vacinar no DSMGCA.

Outras vacinas

Nas unidades de saúde também acontece a vacinação contra a meningite para todas as pessoas com 16 anos ou mais de idade.


Além disso, as crianças de seis meses a menores de seis anos (5 anos, 11 meses e 29 dias); as pessoas com 60 anos ou mais; as gestantes e puérperas (até 45 dias pós-parto); os trabalhadores de saúde de 18 anos ou mais; os professores; as pessoas com comorbidades; com deficiência permanente; a população privada de liberdade e Adolescentes em medidas socioeducativas; funcionários do sistema prisional; Forças de Segurança e Salvamento; Forças Armadas; Caminhoneiros; Trabalhadores de Transporte Coletivo Rodoviário de Passageiros Urbano e de Longo Curso; e Trabalhadores Portuários; podem receber a vacina contra a influenza. As vacinas de rotina, aplicadas nos mesmos locais, podem ser recebidas por estes públicos conjuntamente com os imunizantes contra a Covid-19, sem qualquer tipo de problema.

Documentação

Aqueles que forem receber a primeira dose da vacina devem apresentar originais e cópias de documento de identificação com foto (como documento de identidade (RG) ou carteira de motorista) e o CPF, caso o número do mesmo não conste na identidade, além da ficha de vacinação impressa e preenchida. Crianças, pré-adolescentes e adolescentes que não tiverem o documento de identidade podem apresentar a certidão de nascimento. A PJF pede que seja levada uma cópia do comprovante de residência no nome dos pais ou responsável com endereço em Juiz de Fora. As crianças com comorbidades ou imunossuprimidas, além destes documentos, devem apresentar laudo ou atestado médico datado de, no máximo, 12 meses, comprovando a condição. As pessoas que vão receber a D2 ou a dose de reforço precisam apresentar apenas a ficha de vacinação, o cartão de vacina e um documento de identificação com foto, enquanto os imunossuprimidos, além destes documentos, devem apresentar laudo ou atestado médico datado de, no máximo, 12 meses, comprovando a condição. Não é necessária a apresentação de comprovante de residência. As grávidas precisam apresentar o cartão pré-natal, e as puérperas, a certidão de nascimento da criança. As pessoas com deficiência de 12 anos ou mais precisam apresentar laudo ou atestado médico datado de, no máximo, 12 meses. São considerados trabalhadores da Saúde aqueles que atuam em espaços e estabelecimentos de assistência e vigilância à saúde, sejam eles hospitais, clínicas, ambulatórios, laboratórios e outros locais. Assim, compreende tanto os profissionais da saúde, como médicos, enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, biólogos, biomédicos, farmacêuticos, odontologistas, fonoaudiólogos, psicólogos, assistentes sociais, profissionais de educação física, médicos veterinários e seus respectivos técnicos e auxiliares; quanto os trabalhadores de apoio, como recepcionistas, seguranças, pessoal da limpeza, cozinheiros e auxiliares, motoristas de ambulâncias e outros, ou seja, aqueles que trabalham nos serviços de saúde, mas que não estão prestando serviços diretos de assistência à saúde das pessoas. Incluem-se, ainda, aqueles profissionais que atuam em cuidados domiciliares, como os cuidadores de idosos e doulas/parteiras. A vacina também será ofertada aos estudantes da área da saúde que estiverem prestando atendimento na assistência dos serviços de saúde. Para fins de comprovação, os trabalhadores de saúde devem levar as declarações conforme a atividade/vínculo.


  • Reforçamos o pedido para todos que serão vacinados levarem, impressa e preenchida, a Ficha de Vacinação, cujo modelo está disponível aqui; isso facilita no momento da triagem e agiliza o processo de vacinação.


Endereços dos locais de vacinação

Departamento de Saúde da Mulher, Gestante, Criança e do Adolescente (DSMGCA) – exclusivamente para crianças e adolescentes com a monovalente (seis meses a 5 anos) e para grávidas e puérperas (45 dias após o parto) com a bivalente – das 8h às 11h30 e das 13h às 16h (vacinação contra Covid) e das 8h às 14h (vacinação meningite e demais vacinas de rotina)

Rua São Sebastião, 772/776, Centro.

Serviço de Saúde do Idoso (Sasi) - exclusivamente para os idosos de 60 anos ou mais para aplicação da vacina bivalente - das 8h às 12h Rua Batista de Oliveira, 943, bairro Granbery. UBSs que vacinam com a bivalente, das 8h às 10h30 e das 13h às 16h (quintas, das 8h às 10h30 e das 13h às 14h30):

1. UBS Benfica

2. UBS Centro Sul

3. UBS Milho Branco23

4. UBS Monte Castelo

5. UBS Nossa Senhora Aparecida

6. UBS Nossa Senhora das Graças

7. UBS Progresso

8. UBS Bandeirantes

9. UBS Furtado de Menezes

10. UBS Santa Luzia

11. UBS Vale Verde (8h às 10h30)

12. UBS Vila Olavo Costa

13. UBS Teixeiras

14. UBS Santo Antônio

15. UBS Vila Esperança

16. UBS Alto Grajaú

17. UBS Barreira do Triunfo

18. UBS São Pedro

19. UBS Cidade do Sol (8h às 10h30)

20. UBS Cruzeiro do Sul

21. UBS Dom Bosco

22. UBS Esplanada (8h às 10h30)

23. UBS Filgueiras

24. UBS Granjas Bethânia

25. UBS Bairro Industrial

26. UBS Ipiranga (8h às 10h30)

27. UBS Jardim da Lua (13h às 16h)

28. UBS Jardim Esperança

29. UBS Humaitá

30. UBS Jóquei Clube I

31. UBS Jóquei Clube II

32. UBS Linhares

33. UBS Marumbi

34. UBS Nossa Senhora de Lourdes (13h às 16h)

35. UBS Nova Era

36. UBS Parque Guarani

37. UBS Retiro

38. UBS Santa Cecília

39. UBS Santa Cruz

40. UBS Santa Efigênia

41. UBS Santa Rita

42. UBS São Judas Tadeu

43. UBS Igrejinha

44. UBS Valadares

45. UBS São Benedito

46. Volante (Privilégio, Pires, Buieié, Palmital e Jacutinga)

47. UBS Vila Ideal (13h às 14h30 - exceto às quintas)

48. UBS Grama (8h às 10h30) UBSs que vacinam pessoas maiores de cinco anos com a monovalente, das 8h às 10h30 e das 13h às 16h (quintas, das 8h às 10h30 e das 13h às 14h30): 1. UBS Benfica

2. UBS Monte Castelo

3. UBS Milho Branco

4. UBS Nova Era

5. UBS Nossa Senhora Aparecida

6. UBS Santa Cruz

7. UBS Marumbi

8. UBS Progresso

9. UBS Nossa Senhora das Graças

10. UBS Bandeirantes

11. UBS Linhares

12. UBS Santa Luzia

13. UBS Santa Cecília

14. UBS Centro Sul

15. UBS Teixeiras

16. UBS Santos Dumont

17. UBS Retiro

18. UBS Vila Ideal (13h às 14h30 - exceto às quintas)

19. UBS Nossa Senhora de Lourdes

20. UBS São Sebastião

21. UBS São Pedro

22. UBS Grama (8h às 10h30)


12 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page