• Radio Catedral

JF vacina mais de 1.600 idosos acima de 90 anos e 335 profissionais de saúde ativos maiores de 60


*Foto: Site PJF.

A Secretaria de Saúde de Juiz de Fora vacinou 1.681 idosos acima de 90 anos em três dias. A imunização desse público teve início na manhã do último sábado, dia 13. Além disso, 335 profissionais da saúde ativos foram vacinados na segunda-feira, 15. No final de semana as vacinas foram disponibilizadas em dois locais: em um drive-trhu no estacionamento da Faculdade de Educação Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), e no Departamento de Saúde do Idoso.


Desde segunda (15), a imunização ocorre também no Departamento de Saúde do Idoso, na Rua Batista de Oliveira, 943, Centro e nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), dos bairros Benfica, Borboleta, Nossa Senhora das Graças, Nossa Senhora Aparecida, Vila Ideal, Santa Luzia e São Pedro, das 8h às 16h.


De acordo com informações da Secretaria de Saúde, o movimento nos postos de vacinação foi considerado tranquilo pelas supervisoras das UBSs. O maior fluxo ocorreu no Departamento de Saúde do Idoso que, ao todo, recebeu 481 pessoas para imunização somente nesta segunda-feira (15) - 146 idosos de 90 anos ou mais e 335 profissionais da saúde ativos de 60 anos ou mais.


Com os números atuais, segundo a Secretaria de Saúde, 65% dos 2.580 idosos de 90 anos ou mais, e 57% dos profissionais de saúde ativos de 60 anos ou mais que haviam realizado pré-cadastrado já foram vacinados com a primeira dose. A vacinação desses grupos prossegue ao longo de toda esta semana até na sexta-feira, dia 19.


Nesta terça-feira (16), as equipes de imunização da Subsecretaria de Vigilância em Saúde fariam o agendamento e realizariam a imunização em idosos pré-cadastrados como acamados e que residem em áreas não cobertas por UBSs.


Os idosos e os profissionais da saúde que se enquadram no público desta fase devem realizar o pré-cadastramento no site da PJF. A vacinação dos idosos se dá mediante a apresentação de cópia da identidade com foto e do comprovante de residência. Caso o comprovante não esteja em nome do idoso, será necessária uma declaração por escrito do titular da residência, declarando que a pessoa reside no local.


No momento da vacinação, todos os profissionais de saúde da ativa e com 60 anos ou mais deverão apresentar documento (original e cópia) da carteira de registro do Conselho de Classe e também de um documento que comprove a vinculação ativa do trabalhador com serviço de saúde ou apresentação de declaração emitida pelo serviço de saúde. Este público inclui todos aqueles profissionais de saúde ativos que atuam em espaços e estabelecimentos de assistência à saúde, sejam eles hospitais, clínicas, ambulatórios e outros locais, que atuem nas redes pública e privada e não foram vacinados até o momento. As diretrizes seguem o Informe Técnico do Programa Nacional de Imunização (PNI), do Ministério da Saúde.


Em Juiz de Fora, desde o início da campanha de vacinação, 18.244 pessoas já receberam a primeira dose do imunizante contra a Covid-19 e, 3266 cidadãos que pertencem aos primeiros grupos já foram imunizados com a segunda dose da vacina, de acordo com dados do boletim da Prefeitura de Juiz de Fora divulgado na segunda (15).

0 comentário