• Radio Catedral

Hemominas segue com estoques em baixa e precisa de doações de sangue

Por Fabíola Castro

Imagem: Portal Fiocruz.

O estoque de sangue da Fundação Hemominas segue precisando ser reabastecido e, por isso, necessita de mais doadores. Praticamente todos os tipos sanguíneos seguem em estado crítico ou de alerta. Nesta quinta-feira (2), os tipos 'O positivo', 'O negativo' e 'A negativo' estão em situação crítica. Os tipos 'A positivo', 'B negativo' e 'AB negativo' estão em estado de alerta. Já o tipo 'B positivo' está em estado adequado. Por sua vez, o tipo sanguíneo 'AB positivo' está em situação estável.

A Secretária de Saúde de Juiz de Fora, Ana Pimentel, fez um apelo em suas redes sociais para que as pessoas que puderem compareçam à Hemominas de Juiz de Fora para fazerem a sua doação.


O Hemocentro de Juiz de Fora, além do seu próprio ambulatório, abastece também 55 hospitais em 26 cidades da Zona da Mata.

Nesse tempo de pandemia, as doações de sangue estão sendo agendadas para evitar aglomerações no local. O agendamento pode ser feito pelo site da Hemominas, pelo aplicativo MG APP ou por meio dos números (32) 3257-3172 e (32) 3257-3117. A Hemominas funciona de segunda a sábado, de 7h às 12h. Em setembro, o horário foi estendido, e o atendimento acontecerá durante as tardes também, às segundas, terças e quartas-feiras, das 13h30 às 16h40. O Hemocentro de Juiz de Fora fica na Rua Barão de Cataguases, s/n.


Como chegar:

- De ônibus: todas as linhas de ônibus que passam pela Avenida Barão do Rio Branco e Avenida dos Andradas. - De carro: Avenida dos Andradas - atrás do Palácio da Saúde, ao lado do Mergulhão.



Como fazer a doação


Entre os requisitos básicos para doar, é necessário estar em boas condições de saúde, ter entre 16 e 69 anos, mais de 50 kg, estar bem descansado no momento da doação, estar alimentado e apresentar documento original e oficial com foto.


Candidatos à doação de sangue que foram infectados pelo vírus da Covid-19, após diagnóstico clínico e/ou laboratorial ficam inaptos por 30 dias após completa recuperação (assintomáticos e sem sequelas que contraindiquem a doação);


Candidatos que tiveram contato com pessoas que apresentaram diagnóstico clínico/laboratorial de infecção pelo Covid-19 são considerados inaptos pelo período de 14 dias, após o último contato com essas pessoas.


Em virtude da pandemia, o candidato que apresente qualquer sintoma respiratório, mesmo leve, deverá aguardar 30 dias após recuperação para doar.


Vacinas


A vacinação contra a Covid-19 também impacta no comparecimento de doadores nas unidades, já que existe um período de inaptidão após cada dose. Esse prazo depende da vacina recebida. Para as vacinas disponíveis até o momento, os prazos são:

  • Coronovac/Sinovac: 48 horas

  • AstraZeneca/Fiocruz: 7 dias

  • Pfizer/BioNTech: 7 dias

  • Janssen-Cilag: 7 dias

No site da Fundação Hemominas estão descritas todas as condições e restrições para doação de sangue.

0 comentário