• Radio Catedral

Governo de Minas inicia pagamento do auxílio emergencial mineiro

*por Danielle Quinelato, com informações de Agência Minas


O Governo de Minas inicia, nesta quinta-feira (14), o pagamento do Auxílio Emergencial Mineiro de R$ 600 por família em situação de extrema pobreza no estado. O recurso, destinado a pouco mais de um milhão de famílias, será repassado em parcela única e contempla os núcleos familiares com renda por pessoa de até R$ 89, conforme base de dados do Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico).


O anúncio foi feito pelo governador Romeu Zema durante coletiva para a imprensa, em Belo Horizonte. Ao todo, vão ser investidos R$ 650 milhões de reais no custeio da medida assistencial excepcional de enfrentamento às consequências econômicas e sociais da pandemia de covid-19.


Zema destacou a importância do auxílio neste momento em que as famílias vulneráveis enfrentam mais dificuldades devido à pandemia.



O governador citou os projetos criados pelo Estado para minimizar os efeitos econômicos da pandemia.



Terão direito ao auxílio mais de um milhão de famílias mineiras que estavam inscritas no CadÚnico em 22 de maio de 2021. Dessa forma, não será necessário realizar nenhum pré-cadastro ou preencher qualquer documento para receber o dinheiro.


Para saber se têm direito ao benefício, os interessados devem acessar o site www.auxilioemergencialmineiro.mg.gov.br e informar o número do CPF ou do Número de Inscrição Social (NIS). Essa informação pode ser consultada no Cartão Cidadão, no Cartão do Programa Bolsa Família ou no site meucadunico.cidadania.gov.br.


Terão prioridade para receber o auxílio as famílias que não têm o benefício do programa Bolsa Família e as famílias constituídas por mães solteiras e seus filhos. Para este grupo, o dinheiro vai ser depositado no período de 14 a 21 de outubro. Para as demais famílias, o recurso chega de 22 a 29 também deste mês.

0 comentário