top of page
  • Foto do escritorRadio Catedral

Evangelização e festa: Arraiá de Santo Agostinho acontece no sábado (20), em Juiz de Fora

Por Roberta Oliveira


"Quem canta, reza duas vezes mais". É sob esta inspiração que será realizado o Arraiá de Santo Agostinho em Juiz de Fora. O evento será realizado na Casa dos Vicentinos, na Rua São Sebastião, 412, no Centro de Juiz de Fora.

Uma das atrações será o cantor Vitor Hugo, que falou à Catedral FM sobre este momento de fé, alegria e louvor a Deus.


Vítor Hugo contou que irá apresentar as músicas do EP Recomeçar, que foi lançado durante a pandemia, e canções novas entre as atrações do Arraiá de Santo Agostinho.


Vitor Hugo explica como comprar os ingressos, que custam R$10, e já estão sendo vendidos.




História de Santo Agostinho*


Celebramos, em 28 de agosto, a memória do grande Bispo e Doutor da Igreja que nos enche de alegria, pois, com a graça de Deus, se tornou modelo de cristão para todos. Agostinho nasceu em Tagaste, no norte da África, em 354, filho de Patrício (convertido) e da cristã Santa Mônica, a qual rezou durante 33 anos para que o filho fosse de Deus.


Aconteceu que Agostinho era de grande capacidade intelectual, profundo, porém, preferiu saciar seu coração e procurar suas respostas existentes tanto nas paixões como nas diversas correntes filosóficas, por isso tornou-se membro da seita dos maniqueus.


Com a morte do pai, Agostinho procurou se aprofundar nos estudos, principalmente na arte da retórica. Sendo assim, depois de passar em Roma, tornou-se professor em Milão, onde envolvido pela intercessão de Santa Mônica, acabou frequentando, por causa da oratória, os profundos e famosos Sermões de Santo Ambrósio. Até que, por meio da Palavra anunciada, a Verdade começou a mudar sua vida.


O seu processo de conversão recebeu um “empurrão” quando, na luta contra os desejos da carne, acolheu o convite: “Toma e lê”, e assim encontrou, na Palavra de Deus (Romanos 13,13ss), a força para a decisão por Jesus:”…revesti-vos do Senhor Jesus Cristo…não vos abandoneis às preocupações da carne para lhe satisfazerdes as concupiscências”.


Santo Agostinho, que entrou no Céu com 76 anos de idade (no ano 430), converteu-se com 33 anos, quando foi catequizado e batizado por Santo Ambrósio. Depois de perder sua mãe, voltou para a África, onde fundou uma comunidade cristã ocupada na oração, estudo da Palavra e caridade. Isso até ser ordenado sacerdote e bispo de Hipona, santo, sábio, apologista e fecundo filósofo e teólogo da graça e da verdade.

31 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page