• Radio Catedral

Economista dá dicas de como utilizar o 13º salário de forma consciente

Por Fabíola Castro

*Foto: Agência Brasil.

Ao final de cada ano, os trabalhadores têm direito a uma gratificação extra, além do seu salário do mês. Esse dinheirinho a mais na conta, o décimo terceiro, vem como uma gratificação de Natal que garante que a cada mês trabalhado, o empregado tenha direito ao recebimento extra correspondente a 1/12 do seu salário. O valor do décimo terceiro é o mesmo do salário mensal do empregado, caso ele tenha mantido vínculo com a empresa por, pelo menos, 12 meses. A primeira parcela (ou parcela única) deve ser paga até 30 de novembro. Ao optar pelo pagamento em duas parcelas, o empregador precisa quitar o valor restante até 20 de dezembro. Esse dinheiro extra é sempre bem-vindo. Mas, como usar bem esse valor? Poupar, colocar as contas em dia, pagar dívidas, fazer compras? Cada pessoa já tem seus planos e destino para o valor. Porém, é bom avaliar como usá-lo de maneira consciente, principalmente em tempos difíceis economicamente, como os que estamos vivendo atualmente. O economista, Phd em Finanças e coordenador do curso de Administração da Faculdade Estácio, Bruno Dore, dá dicas de como utilizar esse dinheiro de forma consciente.


O economista ressalta ainda a necessidade de reservar uma parte do valor para os gastos extras de início de cada ano.


Se a decisão for por realizar as compras de fim de ano com o décimo terceiro salário, Bruno Dore indica que haja muita pesquisa e comparação de preços.


O economista alerta ainda para compras feitas em parcelamento, o que pode acumular com dívidas futuras. Cautela nos gastos é o melhor caminho, conforme Bruno Dore.


0 comentário