top of page
  • Foto do escritorRadio Catedral

Dom Gil fala a importância da recém-criada Comissão para Bens Culturais do Regional Leste 2 da CNBB

Por Rádio Catedral com informações da WebTV A Voz Católica


O Regional Leste 2 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil deu mais um passo na orientação e preservação do patrimônio da igreja. Pioneiro na criação de uma subcomissão, agora o grupo se tornou uma Comissão para os Bens Culturais.

Os integrantes se reuniram na Casa Santíssima Trindade, em Belo Horizonte (MG). Sob a presidência de Dom Geovane Luís da Silva, Bispo diocesano de Divinópolis, houve a aprovação do regimento interno da Comissão e nomeação da mesa diretiva.

A Comissão terá como presidente o Bispo Assessor para os Bens Culturais da Igreja, Dom Geovane; como Vice-Presidente, Dom Gil Antônio Moreira, Arcebispo Metropolitano de Juiz de Fora; como Coordenadora, Maria Goretti Gabrich Fonseca Freire Ramos, Diretora-Executiva do Memorial da Arquidiocese de Belo Horizonte e como Secretário, o Diácono Rutiero Ruan de Carvalho, da Diocese de São João del-Rei.


O Arcebispo Metropolitano de Juiz de Fora Dom Gil Antônio Moreira, explicou a importância da reorganização da atuação em defesa dos bens culturais da Igreja.



Dom Giovane Luís da Silva, Bispo da Diocese de Divinópolis, comentou o pioneirismo de Minas Gerais na contribuição pela preservação do patrimônio cultural da Igreja Católica.



Também foram definidos os representantes provinciais que farão parte da Comissão, e os especialistas nas diversas áreas, como história da arte, restauração e arquitetura, que, de acordo com suas especialidades, vão contribuir no trabalho da Comissão.


A reunião tratou ainda das questões referentes ao Seminário de Bens Culturais da Igreja do Regional Leste 2, para o próximo ano, e possíveis parcerias entre a Comissão e outras instituições.

3 visualizações0 comentário
bottom of page