• Radio Catedral

Dom Gil Antônio Moreira orienta clero arquidiocesano sobre as celebrações da Semana Santa em 2022


Dom Gil Antônio Moreira durante celebração da Quinta-Feira Santa em 2021 Foto: Arquidiocese Juiz de Fora.


Em documento publicado nesta semana, Arcebispo Metropolitano, Dom Gil Antônio Moreira, orientou sobre a realização das celebrações da Semana Santa. Procissões, mutirão de confissão, ocupação plena das igrejas estão permitidas. E a orientação é que, quem tiver sintomas que podem ser associados à covid-19, não deve participar presencialmente da programação.


Dom Gil Antônio Moreira destacou que todas as medidas consideraram os protocolos do Programa Juiz de Fora pela Vida e do Plano Minas Consciente. E disse que, nas paróquias em municípios que possuem programas próprios, devem ser observadas as diretrizes das autoridades municipais.


O arcebispo metropolitano lembrou que a adesão da população brasileira às vacinas permitiu a diminuição de casos de Covid-19, conforme divulgado pelas autoridades. Ele também pediu que o clero e as comunidades mantenham atitudes prudentes, evitando gestos e comportamentos potencialmente arriscados a si e aos outros.





Capacidade das igrejas, procissões e confissões


O documento aponta que as igrejas poderão ter a ocupação de 100% da capacidade e que estão autorizadas procissões e mutirões de confissão – neste caso, é importante que o padre e o penitente evitem contato muito próximo, podendo lançar mão das máscaras para se sentirem mais à vontade.

Depois de dois anos sem as tradicionais procissões, Dom Gil disse alegrar-se em anunciar que em 2022 essa piedosa tradição da Semana Santa tomará novamente as ruas das cidades de nossa Arquidiocese.


Em consonância com os protocolos do Plano Minas Consciente e do Programa Juiz de Fora pela Vida, o uso da máscara está dispensado. Aqueles que preferirem utilizá-la, contudo, estejam à vontade para fazê-lo. E o pedido é que se os fieis não compareçam às cerimônias se estiverem com qualquer sintoma que possa ser associado à covid-19.


Missa dos Santos Óleos, Lava-pés e beijo na Cruz


E Dom Gil Antônio Moreira confirmou a realização da Missa dos Santos Óleos, que reúne todo o Clero Arquidiocesano na manhã da Quinta-feira Santa, 14 de abril, na Catedral. A cerimônia também vai recordar os 60 anos da elevação da igreja em Juiz de Fora à categoria de Arquidiocese e sede da Província Eclesiástica.


Ainda na quinta-feira Santa, durante a Missa da Ceia do Senhor está autorizada a realização do rito do Lava-pés e da procissão com o Santíssimo Sacramento.


No entanto, a orientação é para os celebrantes não darem o “beijo na Cruz” durante a Ação Litúrgica da Morte do Senhor na Sexta-feira da Paixão, às 15h. Deve ser substituído por um breve silêncio e inclinação da cabeça, no momento da Adoração.


Orações pela paz no mundo


O arcebispo metropolitano reforçou o pedido do Papa Francisco para que todos rezem pela paz na Ucrânia e em muitos outros países do mundo. E este apelo será feito durante a liturgia da Paixão do Senhor, na Sexta-feira Santa.



0 comentário

Posts recentes

Ver tudo