top of page
  • Foto do escritorRadio Catedral

Dom Gil Antônio Moreira fala sobre o aniversário de 62 anos da Arquidiocese de Juiz de Fora

Por Rádio Catedral




Neste domingo, 14 de abril, a Igreja Particular de Juiz de Fora completou 62 anos de elevação à condição de Arquidiocese. Além disso, também foi aniversário da Província Eclesiástica de Juiz de Fora, composta também pelas dioceses de Leopoldina e São João del-Rei.


Nesta semana, o Arcebispo de Juiz de Fora e Metropolita, Dom Gil Antônio Moreira, do Bispo de Leopoldina, Dom Edson José Oriolo dos Santos, e do Bispo de São João del-Rei, Dom José Eudes Campos do Nascimento seguem em Aparecida (SP), onde participam da 61ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).


O Arcebispo Metropolitano Dom Gil Antônio Moreira, falou a respeito deste aniversário em um ano tão especial para nossa Igreja Particular. Ele explicou a diferença entre Diocese, que completou 100 anos em 2024, e Arquidiocese, criada por decisão do Papa São João 23.


Dom Gil Antônio Moreira lembrou o trabalho de Dom Geraldo Maria de Morais Penido, o primeiro arcebispo de Juiz de Fora e pediu orações pela atuação constante da nossa Igreja Particular no fortalecimento da fé católica.




Histórico da Arquidiocese de Juiz de Fora


Depois de Dom Geraldo, foram arcebispos de Juiz de Fora, Dom Juvenal Roriz entre 1978 e 1990; Dom Frei Clóvis Frainer, da Ordem dos Franciscanos Capuchinhos, entre 1991 e 2001; Dom Eurico dos Santos Veloso, entre 2002 e 2009 e Dom Gil Antônio Moreira, que é o quinto arcebispo metropolitano de Juiz de Fora desde 28 de março de 2009.


Neste período, foram realizados dois Sínodo Arquidiocesano, houve a celebração do Jubileu de Ouro, ou seja, os 50 nos, de elevação à categoria de Arquidiocese em 2012. E neste ano, a grande festa do centenário da criação da Diocese de Juiz de Fora.

13 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page