• Radio Catedral

Doar vida: Semana de Mobilização Nacional para Doação de Medula Óssea

Por Fabíola Castro


De 14 a 21 de dezembro é realizada a Semana de Mobilização Nacional para Doação de Medula Óssea. Pessoas em tratamento de doenças relacionadas com a fabricação de células do sangue e com deficiências no sistema imunológico podem ter o transplante como única esperança de cura.


Pela proximidade com as celebrações natalinas, a campanha utiliza como slogan, a frase: “Neste Natal, dê um presente a quem precisa de você para viver: cadastre-se como doador de medula”.


A pessoa interessada faz o cadastro, mas não vai logo doar a medula, essa doação somente ocorrerá em caso de compatibilidade com algum paciente que necessite. A Rosani Martins, da equipe de Captação de Doadores de Sangue e de Medula Óssea do Hemocentro Regional de Juiz de Fora - Fundação Hemominas, explicou em entrevista ao Bendita Saúde sobre esse processo de cadastro e possível doação de medula óssea.


Confira:


O que é a medula óssea?


O que leva uma pessoa a precisar do transplante de medula óssea?


Como a doação de medula é feita?


Para que haja a possibilidade do transplante é preciso que existam os doadores e quanto maior o número de pessoas cadastradas maiores são as chances de se encontrar um doador compatível para um paciente que precisa fazer o transplante de medula?


Então, é preciso que as pessoas interessadas em doar medula óssea façam esse cadastro. Como ele funciona? Depois de cadastrados os doadores, se houver compatibilidade com algum paciente como acontece esse processo da doação?


Como é a espera do paciente até encontrar esse doador compatível?


Até o próximo dia 21 é realizada a Semana de Mobilização Nacional para Doação de Medula Óssea?


Reforçando, na Fundação Hemominas em Juiz de Fora, como fazer para se tornar doador de medula óssea?

É importante que cada vez mais pessoas façam o cadastro para serem doadores de medula e também que mantenham os dados sempre atualizados.


A Semana de Mobilização Nacional para Doação de Medula Óssea foi instituída pela Lei Federal Número 11.930/2009. O objetivo da campanha, como destacou Rosani Martins, na entrevista, é conscientizar a população sobre a importância da doação de medula óssea, o que aumenta o número de candidatos do Redome (Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea) do Inca (Instituto Nacional do Câncer).


A Fundação Hemominas em parceria com a Prefeitura de Juiz de Fora realizou uma campanha para incentivar a doação de medula óssea no início dessa semana.


E os interessados, tendo entre 18 e 35 anos, podem também comparecer ao Hemominas. Diferente da doação de sangue, que é realizada por meio do agendamento, para o cadastro de doação de medula não é necessário fazer esse agendamento prévio. A pessoa pode se dirigir até o Hemocentro, de segunda a sexta-feira, das 7h às 12h, levando seu documento de identidade com foto e CPF e realizar o cadastro. Esse gesto solidário pode ser a esperança de cura para muitos pacientes que esperam por um doador compatível.


A Fundação Hemominas está localizada na Rua Barão de Cataguases, s/n –no Centro. O telefone de contato para mais informações é o (32) 3257-3100.

0 comentário