• Radio Catedral

Dias quentes e o cuidado com a alimentação

Por Fabíola Castro


Uma alimentação saudável e equilibrada é fundamental para manter a boa saúde e isso ao longo do ano todo. Mas, existem também alguns cuidados para serem tomados nos dias quentes. Conforme o Ministério da Saúde, devido ao aumento da temperatura externa, “nosso metabolismo sofre alteração para se adaptar às altas temperaturas e uma das consequências disso é o aumento da transpiração”. Por isso, no verão, é importante a ingestão de alimentos que auxiliam na hidratação corporal e reposição de sais minerais.


A Médica Endocrinologista da ProSport e Gastrocenter, em Juiz de Fora, especialista em Metabologia pela Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, Dra. Gisele Caneschi, em entrevista ao Bendita Saúde desta quinta-feira (3), falou sobre a importância da alimentação saudável e dos cuidados nos dias mais quentes.


Confira:


Com o calor, com os dias quentes, é preciso ficar atento à alimentação, com os tipos de alimentos ingeridos?


Quais alimentos seriam ideais para esses dias?



Viemos de um feriadão de carnaval, onde as pessoas podem exagerar um pouco nos alimentos mais gordurosos, por exemplo, ou na quantidade de doces. Como retomar a alimentação ou como começar a se alimentar melhor?



Como aproveitar os alimentos da época, para se alimentar bem e ainda economizar?



Quanto aos horários para se alimentar, é importante manter uma regularidade? Como deve ser?


Nos dias quentes também ocorre maior perda de líquidos e minerais, devido ao aumento da temperatura corporal e transpiração excessiva? É preciso ficar atento à hidratação para que todo líquido perdido seja reposto?



Além da água, quais líquidos as pessoas podem também consumir?



A desidratação e o risco de intoxicação alimentar tornam-se mais comuns com o calor? Quais cuidados tomar?


Se não for possível preparar a alimentação todo dia de forma fresquinha, a comida caseira congelada, aquelas famosas marmitinhas que preparamos em casa, pode ser uma maneira de facilitar o nosso dia a dia de forma mais saudável? É possível manter parte dos nutrientes dessa forma?


Já a comida industrializada congelada, pode ser consumida?


Com a pandemia, ao contrário do que se esperava, houve um aumento do delivery de fast-food, porque é prático e rápido. Paralelo ao aumento do consumo tivemos a diminuição da prática de exercício e o aumento do estresse, e esses fatores podem prejudicar a saúde da pessoa?


Como a gente sempre comenta e frisa aqui no nosso quadro “Bendita Saúde”, com os profissionais das mais diferentes especialidades, os maus hábitos alimentares, isso em qualquer época do ano, estão associados a uma série de doenças. E a alimentação saudável, Dra Gisele, é uma grande aliada da boa saúde?


As pessoas podem aproveitar também essa época do ano para se manterem mais ativas e aliar as atividades físicas com uma boa alimentação?


0 comentário