top of page
  • Foto do escritorRadio Catedral

Dia Nacional da Alfabetização: pandemia trouxe mais desafios para o processo de aprendizagem

Atualizado: 17 de nov. de 2022

Dia Nacional da Alfabetização é celebrado nesta segunda-feira, 14 de novembro.


Por Fabíola Castro


Nesta segunda-feira, 14 de novembro, é celebrado o Dia Nacional da Alfabetização data que se estabeleceu oficialmente no calendário do país, por meio de decreto, em 1966. Neste mesmo dia em 1930, foi criado o então Ministério da Educação e Cultura, sendo hoje somente Ministério da Educação.

A data chama a atenção para importância de melhores condições de ensino e aprendizagem no país. A alfabetização não se baseia unicamente no ato de aprender a ler e a escrever, mas com isso vem também o desenvolvimento da capacidade de compreensão, interpretação e produção de conhecimento, fatores muito importantes para a educação.

O acesso à educação, ao aprendizado, à alfabetização para muitas pessoas, ficou ainda mais defasado e muito prejudicado com a pandemia, com as escolas fechadas. As aulas remotas foram uma alternativa para seguir com o ensino.

De acordo com neuropsicopedagoga e liderança Pedagógica na Escola Integra, Jessica Ferreira, a alfabetização deve ser, necessariamente, um processo individualizado e destaca a importância da alfabetização ocorrer de forma correta.


Jessica Ferreira explica também que alfabetização e letramento devem ser processos conjuntos para que promovam de fato a compreensão daquilo que está sendo ensinado e aprendido.


Que a pandemia afetou o processo de alfabetização, isso é um fato, e a neuropsicopedagoga, Jessica Ferreira, fala sobre o que pode e deve ser feito para suprir a lacuna que ficou.


A tecnologia, segundo Jessica Ferreira, pode ser usada em sala de aula em favor da alfabetização desde que de forma lúdica, compreendendo e permitindo a interação entre professores e alunos, a cooperação entre os educandos e o estímulo à criatividade das crianças.



21 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page