top of page
  • Foto do escritorRadio Catedral

Dia do Leitor: professora dá dicas para desenvolvimento do gosto pela leitura nas crianças

Por Fabíola Castro


Ler é um hábito que se cultiva a cada dia e desde a infância. Mas, nunca é tarde, em qualquer idade os livros podem ser inseridos na vida de um indivíduo que quer se tornar um leitor.


A pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, desenvolvida pelo Instituto Pró-Livro, aponta que o brasileiro lê, em média, cinco livros por ano, sendo aproximadamente 2,4 livros lidos apenas em parte e, 2,5, inteiros. Para reverter a baixa leitura no país, uma alternativa é incentivar esse hábito ainda na infância.


O Dia do Leitor é comemorado neste sábado, 7 de janeiro. A Mestre em linguística, especialista em ensino e aprendizagem de língua estrangeira, com atuação em tecnologias educacionais, metodologias ativas, narrativas visuais e Liderança Acadêmica para Desafios Globais, na Escola INTEGRA, Bruna Martins, destaca a importância do desenvolvimento do gosto pela leitura desde a infância.


Bruna Martins ressalta ainda que a leitura traz benefícios em diversos aspectos.


Ao ler para uma criança, o adulto está colaborando com o desenvolvimento mental e do senso crítico, além de estimular a afetividade e criatividade, o enriquecimento do vocabulário e do conhecimento. A Mestre em linguística, Bruna Martins, dá algumas dicas para estimular esse gosto.


Algo simples de se fazer em casa, segundo Bruna Martins, é deixar os livros em locais de fácil acesso para despertar o interesse natural das crianças.


E importante também, de acordo com Bruna Martins, é ir atualizando os temas e títulos oferecidos conforme a idade.


Existem cinco categorias que norteiam as fases do desenvolvimento psicológico da criança: o pré-leitor, o leitor iniciante, o leitor em processo, o leitor fluente e o leitor crítico. E assim, o caminho dos livros é sem volta, no melhor sentido!

23 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page