top of page
  • Foto do escritorRadio Catedral

Devotos festejam São Francisco Xavier em capela no Parque Burnier em Juiz de Fora

Por Rádio Catedral com informações da Arquidiocese de Juiz de Fora


Neste domingo, dia 3 de dezembro, a Igreja faz memória de São Francisco Xavier, santo padroeiro das missões. Foi um grande propagador do Evangelho no oriente, onde fundou várias missões, a ponto de ser conhecido como “São Paulo do Oriente”.

Em Juiz de Fora, haverá programação na capela no Bairro Parque Burnier, pertencente à Paróquia São José, que é dedicada ao santo. No primeiro domingo do advento e dia de São Francisco Xavier, a Missa será paroquial, ou seja, acontece na Matriz, às 19h. Na quarta-feira, dia 6 de dezembro, a capela recebe os fiéis a partir das 19h, para o terço da Divina Misericórdia. Em seguida, às 19h30, será celebrada Santa Missa com benção do Santíssimo Sacramento.

A Capela São Francisco Xavier fica na Rua Natalino José de Paula, 309 – Bairro Parque Burnier.


Sobre São Francisco Xavier
Fonte: Vatican News

Francisco Xavier nasceu em 1506, norte da Espanha, em uma família nobre: seu pai era presidente do Conselho Real de Navarra. Em 1525, Francisco foi a Paris para fazer seus estudos universitários; em 1530, onde estudava o futuro Santo conheceu Pedro Fabro e Inácio de Loyola, com os quais de formou em Teologia.

A vocação missionária penetrou no coração de Xavier, que, na primavera de 1539, participou da fundação de uma nova Ordem religiosa, denominada “Companhia de Jesus”. Ao consagrar-se a Deus e ao apostolado, Francisco partiu para as Índias, a pedido do Papa Paulo III, que queria a evangelização daquelas terras, na época, conquistadas pelos portugueses.

Em 1547, a vida do futuro santo teve uma nova reviravolta: encontrou um fugitivo japonês, chamado Hanjiro, ansioso de converter-se ao cristianismo. O encontro suscitou em Xavier o desejo de ir também ao Japão, para levar o Evangelho à terra do “Sol levante”. Ali chegou em 1549 e, embora soubesse da pena de morte em vigor para quem administrasse o sacramento do Batismo, o religioso espanhol conseguiu fundar uma comunidade de centenas de fiéis.

A passagem do Japão para a China foi quase natural. Xavier encarou o “País do Dragão” como uma nova terra de missão.Em 1552, conseguiu chegar à ilha de Shangchuan, de onde tentou embarcar para Cantão. Mas, foi acometido por uma febre imprevista. Extenuado pelo cansaço e pelo frio, Francisco Xavier faleceu na madrugada no dia 3 de dezembro. Seu corpo foi depositado em um caixão cheio de cal, sem nem mesmo uma cruz como lembrança. Dois anos depois, seu corpo, íntegro e intacto, foi trasladado para a igreja do Bom Jesus de Goa, onde é venerado. Uma das suas relíquias – o antebraço direito – encontra-se conservada na igreja de Jesus, em Roma, desde 1614.

0 visualização0 comentário
bottom of page