• Radio Catedral

Covid-19 e as flexibilizações

Atualizado: Nov 9

Por Fabíola Castro

Imagem: freepik.

Com o avanço da vacinação contra a Covid-19, diminuição significativa do número de novos casos e mortes, muitos Estados, cidades estão flexibilizando as atividades e a maioria já retornando à normalidade. Mas, o que precisamos entender e não esquecer é que a pandemia ainda não acabou. Mesmo que em menor número o vírus ainda circula e contamina as pessoas, além de causar mortes.


Especialistas defendem a continuidade do uso de máscaras mesmo com o avanço da vacinação. É ainda uma proteção eficaz no combate ao vírus e a sua disseminação. A flexibilização da utilização da proteção facial em locais abertos e a adoção do passaporte sanitário são discutidos ou já utilizados em algumas cidades brasileiras.


Apesar da diminuição no número de casos e com o aumento de vacinas aplicadas, só a imunização não consegue realizar o controle da transmissão do vírus, e o uso de máscara e o distanciamento precisam continuar existindo e sendo praticados.


O Médico Pneumologista, Professor da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), Dr. Júlio Abreu, explica sobre esse momento de flexibilização de variadas atividades do cotidiano das pessoas em relação à transmissão do vírus da Covid-19. Ele destaca que cada pessoa deve avaliar o seu risco pessoal para a contaminação pelo coronavírus e a necessidade de se correr esse risco. Exemplifica alguns locais que as pessoas costumam frequentar em momentos de socialização, de atividades diárias e orienta como se comportar nessas situações.


Ele reforça que as atividades podem ser feitas sempre pensando na sua segurança e das outras pessoas e não esquecendo que a utilização das máscaras ainda é muito importante e que a vacinação é imprescindível e precisa avançar ainda mais. No mais, Dr. Júlio Abreu ressalta que a vida começa a voltar à normalidade, mas que a responsabilidade com a saúde e os cuidados devem sempre estar presentes.


Confira no áudio, abaixo:


Como o édico pneumologista, Dr Julio Abreu, reforçou muito ainda não é o momento de deixar de lado o uso de máscaras. O número de mortes por Covid-19 no Brasil já caiu, mas ainda são centenas por dia. É preciso diminuir ainda mais. A vacinação já mostrou a sua eficácia.


Alguns locais, cidades, para o retorno das atividades, pedem que seja apresentado o passaporte ou comprovante de vacinação para os eventos. É uma forma de voltar de forma mais segura. E pensar na saúde coletiva!


Infelizmente, o Brasil tem mais de 600 mil vítimas fatais e mais de 21 milhões de infecções confirmadas desde o início da pandemia, em março de 2020.


É importante nesse momento buscar pela imunização completa, com as duas doses, se for o caso, e também para aqueles grupos que já podem, buscar pelo reforço.


Responsabilidade sempre nas nossas atitudes, com a nossa saúde e do nosso próximo!


Áudio retirado do Instagram do @profjulioabreu.

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo