• Radio Catedral

Comunidade Santa Isabel abre celebrações do Jubileu de 40 anos

Por Fabíola Castro*


A Comunidade Santa Isabel, pertencente à Paróquia São Pio X, em Juiz de Fora, administrada pelos Missionários do Sagrado Coração (MSC), celebra neste ano de 2021, seus 40 anos de fundação. Para abrir as comemorações do Jubileu será celebrada uma Missa nesta segunda-feira (4), às 19h30, com transmissão ao vivo pelas redes sociais. Essa data foi escolhida por ser o dia de nascimento da padroeira da Comunidade. De janeiro a julho, todo dia 4 de cada mês, uma celebração votiva será realizada, trazendo uma espiritualidade relacionada com a vida de Santa Isabel. Além das celebrações, testemunhos em vídeo de fiéis da Comunidade, exposição de fotos, livros de registro e objetos que contam a sua história, também estão na programação do Jubileu. O ano festivo tem como tema “Jubilosos, sejamos o exemplo da verdadeira caridade de Santa Isabel”. Sobre a Comunidade


Antes mesmo da sua construção e da escolha definitiva da padroeira, as atividades religiosas como novenas, círculos bíblicos, oração do terço, já movimentavam o bairro Ipiranguinha (atualmente Bela Aurora). Tal movimentação partia dos seminaristas MSC Guanair, Abel e Gilvan que faziam seu estágio pastoral na área da comunidade e também de alguns fiéis que moravam no bairro e participavam na Paróquia Santa Luzia, que naquele tempo, era administrada pelos Missionários do Sagrado Coração, e abrangia toda região dos Bairros Santa Luzia, Ipiranga, Teixeiras e adjacências. Com essa movimentação, começou a ser despertada a necessidade de se fundar uma comunidade no Bairro Ipiranguinha, e assim se fez. Padre Tiago Prins, MSC, foi quem liderou esse movimento com um grupo de pessoas da localidade. Após um período de oração, encontros e conversas nascia a Comunidade Santa Isabel. O primeiro conselho, na época chamado de diretoria, foi eleito. Ainda sem local para a construção da capela, as missas, a catequese para as crianças, as festas eram realizadas nas casas dos fiéis, terrenos emprestados e barracões. Nestes mesmos locais, as pastorais começam a surgir nesta área missionária. Em 1984, foi adquirido o terreno para a construção da comunidade, onde seria erigida a Capela de Santa Isabel de Portugal. No ano de 1985, uma caminhada penitencial na Sexta-Feira Santa, motivada pelo Padre Júlio Grooten, MSC, saindo da Comunidade Santa Luzia em direção a comunidade nascente, levava como gesto concreto os primeiros tijolos para o início da construção da fundação da capela. Neste mesmo dia, a pedra fundamental também era depositada no terreno. Atualmente, a comunidade retrata em sua estrutura física e pastoral o avanço com o passar tempo, tudo construído por várias mãos, que se doaram para que esse projeto de Deus acontecesse. O terreno que antes abrigava as celebrações a céu aberto, conta com um centro pastoral com salas de catequese, salão para encontros, pátio para os eventos, cozinha. A capela tem capacidade para acolher cerca duzentas pessoas para celebrações. A comunidade conta ainda com doze pastorais e movimentos, como da iniciação cristã (Batismo, Catequese e Crisma), e as pastorais sociais (Associação de Mulheres, Pastoral da Criança e Sociedade São Vicente de Paulo), que tem seu trabalho direcionado a assistência social e cuidado com a vida, seguindo a espiritualidade e exemplo de vida da padroeira Santa Isabel. A Capela Santa Isabel fica na Rua José Cerqueira, 133 – Bairro Bela Aurora. A celebração de desta segunda às 19h30, não contará com a participação de fiéis, devido a suspensão das Missas presenciais em Juiz de Fora até 7 de janeiro, por conta da pandemia. A Eucaristia pode ser acompanhada pelo Facebook da Paróquia São Pio X.





*Com informações da Pascom São Pio X.

0 comentário

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco
  • 347814db5ead8ece1540a586342c64b7_logo-ds

© Criado por Elias Arruda.  Todos os direitos reservados à Rádio Catedral - FM .