• Radio Catedral

Comissão para a Ação Social Transformadora do Leste 2 se reúne em João Monlevade


O encontro contou com representes da Arquidiocese de Juiz de Fora


Foi realizado nos dias 30 e 31 de março, na cidade de João Monlevade, Diocese de Itabira - Coronel Fabriciano (MG), o encontro da Comissão para a Ação Social Transformadora do Regional Leste 2 (Minas Gerais e Espírito Santo) da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).


Da Arquidiocese de Juiz de Fora, participaram do evento, o assessor eclesiástico da Pastoral Carcerária, Padre Welington Nascimento; o responsável pela Pastoral da Saúde, Padre José Leles da Silva; e a coordenadora da Pastoral do Menor, Alessandra Cristina de Castro.


Com o tema “Fraternidade e Políticas Públicas frente às questões minerarias”, e usando a metodologia: Ver-Julgar-Agir, o encontro buscou promover momento de partilha das experiências entre as Pastorais Sociais, avaliação dos trabalhos da Comissão e definir ações pontuais para o regional.


Dom Marco Aurélio Gubiotti, bispo referencial da Comissão, como anfitrião, acolheu a todos após a mística de abertura, expressando suas expectativas. "A importância de aprofundar o tema ‘Fraternidade e Politicas Públicas’ em conjunto com o problema que temos em relação a questão minerária no mundo, em especial no estado de Minas Gerais, no Brasil".


Padre Nelito Nonato Dornelas conduziu a reflexão sobre o tema da Campanha da Fraternidade 2019: “Fraternidade e Políticas Públicas”.


O Frei Rodrigo Peret apresentou a problemática sobre a mineração e a articulação da rede Igreja e Mineração – em nível internacional, América Latina/Brasil. Destacando o encontro ocorrido em Paracatu (MG), entre os dias 21 e 22 de março, onde diante do contexto de violações de direitos pelas mineradoras, foi aprofundado o compromisso ativo em defesa da Casa Comum e criou-se a Rede Igrejas e Mineração em Minas Gerais .


Houve ainda discussão e apontamentos sobre os compromissos das Pastorais Sociais com Fraternidade e Políticas Públicas frente às questões minerarias e a articulação da 6ª Semana Social Brasileira.


Entre as propostas e encaminhamentos ficou forte a necessidade de: Intensificar a participação nos conselhos, comitês; Denunciar os grandes projetos que destroem a vida e anunciar e incentivar os projetos de resistência das comunidades; Formação para os agentes (Mineração); Dar visibilidade a Rede Igreja e Mineração.


Na manhã deste domingo, 31 de março, foi celebrada a Santa Missa presidida por Dom Marco Aurélio Gubiotti e concelebrada pelos padres presentes com a participação da Escola Diaconal da diocese. O Encontro foi encerrado com o envio dos participantes.


*Com informações do site dioceseitabira.org.br

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© Criado por Elias Arruda.  Todos os direitos reservados à Rádio Catedral - FM .