top of page
  • Foto do escritorRadio Catedral

Cobertura vacinal contra influenza em Juiz de Fora está abaixo da metade da meta

Por Roberta Oliveira


Menos de 40% das pessoas que são público-alvo foram imunizadas contra a influenza em Juiz de Fora. O dado da Secretaria Municipal de Saúde acompanha a tendência nacional e estadual, de baixa procura mesmo com as doses disponíveis gratuitamente nos postos.


A cobertura vacinal em Juiz de Fora é 38,63 por cento, muito abaixo do mínimo preconizada pelo Ministério da Saúde é de 90% da população.


Para receber a vacina, as pessoas devem apresentar um documento original com foto, como carteira de motorista ou documento de identidade.


A Gerente do Departamento de Vigilância Epidemiológica e Ambiental, Louise Cândido, reforça o apelo para que as pessoas compareçam e se imunizem, ainda mais porque estamos no período do ano onde aumenta a vulnerabilidade às doenças respiratórias.



Nesta semana, o Governo de Minas anunciou a prorrogação da campanha até 31 de julho. No estado, apenas 46,38% do público-alvo foi imunizado.


A Gerente do Departamento de Vigilância Epidemiológica e Ambiental, Louise Cândido, comenta que a campanha continua enquanto a Prefeitura aguarda orientação sobre a extensão dos trabalhos até o mês que vem.



A vacina oferecida é a trivalente, capaz de proteger contra os três principais tipos de vírus “da gripe” em circulação: Influenza A (H1N1), Influenza A (H3N2) e Influenza B. Ela pode ser recebida conjuntamente com outras vacinas sem problemas.


As pessoas podem ser imunizadas nas Unidades Básicas de Saúde; os maiores de 60 anos podem procurar exclusivamente o Serviço Saúde do Idoso no bairro Granbery de 8h às 12h e o Departamento de Saúde da Mulher, Gestante, Criança e do Adolescente na Rua São Sebastião, 772/776, Centro, de 8h às 14h, onde o atendimento é exclusivo para crianças de seis meses a menores de 18 anos, para as grávidas e puérperas.

4 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page