top of page
  • Foto do escritorRadio Catedral

"Chame a Frida": atendimento virtual ajuda vítimas de violência doméstica em Juiz de Fora

Por Roberta Oliveira




A campanha “21 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres” terminou em 10 de dezembro, Dia Internacional dos Direitos Humanos.


No entanto, os casos continuam. Para acolher as vítimas, em várias delegacias de Minas Gerais, incluindo Juiz de Fora, funciona um programa de atendimento virtual "Chame a Frida".


A Frida é uma atendente virtual que utiliza o aplicativo de mensagens instantâneas Whatsapp para atender, de forma imediata, às solicitações de mulheres vítimas de violência, por meio de mensagens pré-programadas.


A delegada Alessandra Azalin, titular da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher de Juiz de Fora, conta como surgiu o “Chame a Frida”.



A delegada Alessandra Azalin explica como é o atendimento por meio do chatbot “Chame a Frida”.



A titular da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher de Juiz de Fora delegada Alessandra Azalin fala como as pessoas podem acionar o Chame a Frida



Reforçando, por meio do "Chame a Frida" no número (31) 99141-6954 é possível solicitar apoio e ajuda na Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (Deam) em Juiz de Fora.


O atendimento presencial é de segunda à sexta-feira, de 8h30 as 12h e de 14h as 18h, no 2º andar do Santa Cruz Shopping, Rua Jarbas de Lery Santos, 1.655, Centro de Juiz de Fora.



2 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page