top of page
  • Foto do escritorRadio Catedral

Central recebe Orquestra Sinfônica Pró-Música para o concerto “Trilhas Sonoras”

Ingressos gratuitos devem ser retirados a partir desta terça-feira, 19, na recepção do Cine Theatro Central. Apresentação estava suspensa no período da pandemia e retorna neste ano.


Por Fabíola Castro

Orquestra Sinfônica Pró-Música (Foto: Fernando Itaborahy)

A Orquestra Sinfônica Pró-Música traz de volta em nova edição o concerto “Trilhas Sonoras” que apresenta canções de filmes, séries e dos entretenimentos eletrônicos no palco do Cine-Theatro Central, depois de dois anos da pandemia de Covid-19.


O evento, voltado para variadas idades, tem a regência do maestro Victor Cassemiro, e acontece no próximo domingo, 24 de julho, com entrada gratuita. Porém, os ingressos devem ser retirados antecipadamente, na recepção do Cine-Theatro a partir desta terça-feira, dia 19, como convida o Maestro.


Cada pessoa pode retirar até quatro ingressos. O Central possui 1.232 assentos na plateia. O espetáculo tem início às 20h, no próximo domingo, dia 24, e as máscaras continuam sendo necessárias para acompanhar o espetáculo. O Cine-Theatro Central fica na Praça João Pessoa, s/n, no Centro.

No repertório


O programa inclui dez músicas consagradas, que revisitam desde o clássico filme de Stanley Kubrick “2001, uma odisseia no espaço”, de 1968, até o cultuado jogo “Super Mário”, da Nintendo, febre nos anos 1980 e 1990. “Star Wars”, de George Lucas, e “Indiana Jones”, de Steven Spielberg, também recebem a interpretação da Orquestra, assim como “O Senhor dos Anéis”, de Peter Jackson. A programação ainda traz os temas principais das animações “Up” e “Moana”, além dos longas “As crônicas de Nárnia”, The Advengers” e “007 – Skyfall”.


Maestro Victor Cassemiro (Foto: Fernando Itaborahy)


Orquestra Sinfônica Pró-Música*


A Orquestra Sinfônica Pró-Música surgiu ao final de 1996, reunindo instrumentistas que haviam passado pelos cursos da instituição. Sob a tutela do maestro Nelson Nilo Hack, um entusiasta das ações empreendidas pelo Centro Cultural Pró-Música na cidade e na região, a orquestra se consolidou como um grupo estável, representando, inicialmente, uma experiência fundamental para a formação instrumental, se fortalecendo em técnica e repertório nos anos seguintes.


Um dos momentos mais relevantes da história da Orquestra se deu com a apresentação do Te Deum, em 2000, quando o compositor Edmundo Villani-Côrtes preparou um hino de louvor à cidade com a participação do Coral Pró-Música e dos Meninos Cantores da Academia (Coro Mater Verbi). A homenagem se concretizou com a gravação da obra, que teve apresentação em solenidade, no Cine-Theatro Central, comemorativa aos 150 anos de Juiz de Fora.

Com a incorporação do Pró-Música pela Universidade, em 2011, a Orquestra acabou por retomar sua trajetória especial anos mais tarde, sob a regência de Cassemiro, que implementou, junto ao Coral da mesma instituição, a série de concertos “Música nas Igrejas”,democratizando ainda mais as interpretações em bairros de Juiz de Fora e região. Outro ponto alto do repertório do grupo é o “Operando”, com a apresentação de árias de célebres óperas em um concerto didático que em geral é precedido de uma palestra do professor do Departamento de Música, Rodolfo Valverde.



11 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page