top of page
  • Foto do escritorRadio Catedral

Artistas se apresentam no Calçadão da Halfeld na despedida de 2022 em Juiz de Fora

Atualizado: 30 de dez. de 2022

Por Rádio Catedral

Queima de fogos em Juiz de Fora Foto: Ricardo Dedé Mello

A festa da virada em Juiz de Fora será celebrada neste sábado, 31, a partir de 12h, na Praça João Pessoa, em frente ao Cine-Theatro Central. A Prefeitura anunciou as atrações do show gratuito no coração da cidade na despedida de 2022.



Os artistas Marcus Amaral, Cesar 7 Cordas e Fabrícia Valle vão se apresentar no formato voz, violão e percussão, com o show intitulado “Tá Na Hora Da Virada”, que vai reunir músicas do repertório de Alcione e Clara Nunes, além de sambas imortais do cancioneiro popular.


O grupo Batuque na Roda terá como proposta sonora a difusão do samba e do pagode como cultura viva, descontraída e com estilos popularmente conhecidos.

A celebração durante o dia também será comandada pela cantora Sandra Portella, um dos nomes mais conhecidos do cenário musical de Juiz de Fora. Em dezembro de 2017 a artista lançou o CD “Banho de Fé”, com as participações de Martinho da Vila e Moacyr Luz, tendo sido indicada para o Prêmio da Música Brasileira, na categoria de melhor cantora de samba. Em 2018 dividiu o palco com Rildo Hora, Moacyr Luz, Sandra de Sá e Milton Cunha.

Queima de fogos


À meia-noite, na virada de 2022 para 2023, a população poderá assistir à queima de fogos, sem estampidos, disparados do Morro do Cristo. Lembrando que os fogos com estrondo são proibidos pela Lei nº 14.296.


O espetáculo será de efeitos visuais sem ruídos, que poderá ser acompanhado de várias regiões da cidade. O show pirotécnico deve durar cerca de dez minutos, com fogos de diversos tamanhos e com cores variadas. Por questões de segurança, não está autorizada a presença de público no Morro do Cristo durante a queima de fogos.


Lei municipal proíbe fogos com ruídos


Os fogos com estrondo foram proibidos pela Lei nº 14.296, de 30 de novembro de 2021. O dispositivo legal proíbe o manuseio, a utilização, a queima e a soltura de fogos de estampidos e de artifícios, assim como de quaisquer artefatos pirotécnicos de efeito sonoro ruidoso das categorias “C” e “D”, no âmbito de Juiz de Fora.


Quem descumprir a lei pode ser multado em R$ 1 mil – e, em caso de reincidência, o valor pode ser dobrado. Os valores arrecadados serão recolhidos para o Fundo Municipal de Proteção dos Animais (Funpan).

13 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page