top of page
  • Foto do escritorRadio Catedral

Após vendaval, limpeza e reparo de danos marcam quinta-feira em Juiz de Fora

Por Rádio Catedral

Limpeza do ponto de ônibus parcialmente destruído pela chuva continuou nesta quinta Foto: PJF/Divulgação

Após a forte chuva e vendaval que atingiram a cidade nesta quarta-feira, 21 de setembro, a quinta-feira, 22, é marcada pela sequência das ações de limpeza e reparos realizados por diferentes secretarias da Prefeitura, militares do Corpo de Bombeiros e funcionários da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) e da Associação Profissional das Empresas de Transporte de Passageiros (Astransp) em bairros de Juiz de Fora.


Segundo a Prefeitura, ocorreram mais de 20 ocorrências relacionadas ao trânsito por conta das chuvas. De acordo com a Defesa Civil, foram registradas 11 chamados. A região com maior número de ocorrências foi a sudeste, com quatro. As equipes seguem nas ruas para realizarem os atendimentos. Em caso de emergência, acionar no 199.


O Corpo de Bombeiros já autuou em 19 ocorrências, conforme balanço divulgado nesta quinta.


Segundo a medição do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), os ventos chegaram a 93,2 quilômetros por hora. Foi o segundo maior vendaval na cidade desde 2007.


E segue o alerta de tempestade nesta quinta, com risco de chuva entre 30 e 60mm/h ou 50 e 100mm/dia. De acordo com a Prefeitura, está mantido o alerta para ventos intensos, que podem variar de 60 a 100km/h, e queda de granizo. Orientação de atenção para riscos de corte de energia elétrica, estragos em plantações, queda de árvores e alagamentos.


Reparo no ponto de ônibus no Centro


Terminou na manhã desta quinta, a retirada da estrutura do ponto de ônibus que desabou durante a chuva e atingiu um carro, na Avenida Rio Branco, na altura do Paço Municipal, no Centro de Juiz de Fora


Segundo a Prefeitura, o motorista do veículo e uma pessoa que estava no ponto tiveram ferimentos leves. Agentes de trânsito da PJF estiveram no local para desviar o trânsito em conjunto com o Corpo de Bombeiros.


Estrutura do ponto de ônibus foi derrubada durante a chuva Foto: Fernando Gonçalves

A Prefeitura informou que está instalando grades provisórias no local e já notificou a Associação Profissional das Empresas de Transporte de Passageiros (Astransp), que é a responsável pela manutenção da estrutura do abrigo para providenciar a nova estrutura.


Em nota enviada à nossa reportagem, a Astransp informou que "nunca precisou fazer um reparo do porte do ocorrido com a tempestade de 21 de setembro, para reposição do abrigo danificado na avenida Rio Branco".


Por isso, a Associação já está tomando as providências, "iniciando contato com fornecedores e pode necessitar de empresa especializada para esta situação. Diante disso, em breve, a Associação informará à Secretaria de Mobilidade Urbana seu planejamento, com definição de prazos para conclusão do trabalho".


Queda de árvore no Bairro Costa Carvalho Foto: PJF/Twitter


Queda de árvores


Segundo a Prefeitura, mais de 100 trabalhadores das equipes responsáveis pelas podas de árvore estiveram trabalhando com operadores de motopoda e motosserra em mais de 50 árvores em 14 locais da cidade, em mais de 16h ininterruptas.


No Bairro Poço Rico, a Rua da Bahia segue bloqueada para acesso, após a queda de árvore de grande porte. Agentes estão no local, com o desvio pela Rua Espírito Santo para a Rua Ozório de Almeida. Na Cidade Alta, a Rua José Lourenço Kelmer está interditada na altura do Centro Comercial São Pedro, para a remoção de árvore na via.


Na Rua Cesário Alvim, equipes atuam para a reparação das calçadas e realizam vistoria para realizar o asfaltamento da via.


Na Avenida dos Andradas, já foram retiradas as árvores que caíram nos carros estacionados na altura da esquina com a Rua Paula Lima. As equipes também retiraram o galho que caiu na Travessa Nelson Silva, no bairro Costa Carvalho, e causou danos em um carro que estava estacionado.



Restabelecimento da energia elétrica


Em nota enviada à Rádio Catedral FM, a Cemig informa que a forte chuva causou falta de energia para diversas regiões da cidade, de forma pulverizada. Ao longo da madrugada, as equipes realizaram os reparos, priorizando os locais onde havia maior risco à população, e já restabeleceu mais de 90% dos clientes afetados.

A previsão é que o restabelecimento do fornecimento para o restante dos clientes afetados seja feito até o fim da tarde desta quinta-feira.

A empresa informou que a maioria dos desligamentos foi causada por curto-circuitos e rompimentos de cabos devido a partes de telhados e galhos de árvores atingirem a rede elétrica.


Impacto no trânsito

Os agentes de trânsito conduziram o fluxo em seis dos principais cruzamentos no Centro por causa do não funcionamento dos semáforos.


Houve apoio na Avenida Itamar Franco, próximo ao portão sul da UFJF; na Rua Cesário Alvim; na Avenida Rio Branco; no Mariano Procópio; na Rua José Lourenço; Rua José Callil Ahouage e em diversos outros pontos da cidade. Na manhã desta quinta, cerca de 160 cruzamentos já estavam semaforizados. Na quarta-feira, em 49 cruzamentos houve problemas com falta de energia, queima de equipamento ou queda.


A Guarda Municipal esteve empenhada em 13 pontos para auxiliar na condução do trânsito, principalmente nas vias em que os semáforos estavam apagados. Além disso, equipes também orientaram o tráfego por conta da queda de postes e/ou árvores.



Equipes realizaram limpeza dos galhos e árvores no Parque Halfeld Foto: PJF/Facebook

Limpeza

O Departamento Municipal de Limpeza Urbana (Demlurb) retirou 5,4 toneladas de lixo das ruas de Juiz de Fora no período da noite e madrugada em decorrência das chuvas.


As equipes atuaram, principalmente, das árvores que caíram nas vias, no Parque Halfeld, na Avenida Brasil, na Avenida Rio Branco, na entrada do bairro Furtado de Menezes


Os trabalhos continuam na esquina da Rua Cesário Alvim com a Avenida Sete de Setembro, equipes realizam a limpeza em decorrência das árvores caídas.


Na Praça do São Mateus, além da limpeza, a Guarda Municipal isolou o monumento do local, que terá reparos feitos pela Cesama.


Balanço do Corpo de Bombeiros


Em nota divulgada à imprensa na manhã desta quinta-feira, a assessoria do 4º Batalhão do Corpo de Bombeiros Militar informou que 10 ocorrências aguardavam atendimento e outras 19 já tinham sido concluídas.


As solicitações eram sobre queda de árvores nas ruas e sobre veículos, a queda da estrutura do ponto de ônibus que atingiu um veículo. O motorista teve ferimentos leves, e foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu).


Os Bombeiros reforçaram que as equipes estão atuando em parceria com os demais órgãos municipais e Defesa Civil. "Estamos buscando maximizar os esforços para que todas as solicitações sejam atendidas".


Ocorrências em andamento/aguardando:
  • Árvore caída sobre residência: 1

  • Vistoria em risco de queda de árvore: 4

  • Árvore caída em via pública: 4

  • Árvore caída sobre veículo: 1


Ocorrências Atendidas:

  • Árvore caída em via pública: 7

  • Salvamento de pessoa ilhada: 2

  • Salvamento de pessoa em alagamento/inundação/ enxurrada: 1

  • Corte de árvore: 1

  • Desabamento/colapso estrutural: 1

  • Corte de árvore sobre residência: 1

  • Corte de Árvore caída sobre veículos: 5

  • Vistoria em risco de queda de árvore:1

6 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page