top of page
  • Foto do escritorRadio Catedral

Aedes aegypti: 3º LIRAa indica necessidades de "medidas imediatas" em Juiz de Fora

Por Roberta Oliveira


Na semana passada, a Prefeitura divulgou que o terceiro Levantamento do Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa) de 2022 apontou índice de infestação de 2,8 e situação de “médio risco”.


O resultado indica a necessidade de ações imediatas para impedir a transmissão da doença.

Esta é a avaliação da supervisora do Programa Municipal de Combate à Dengue, Juliana Marinho que explica o que representa o resultado de 2,8, considerado “médio risco” obtido no último levantamento de índice rápido do ano na cidade.


Para o terceiro Liraa, 5.814 imoveis foram vistoriados e encontrados 225 focos positivos. A maioria, segundo Juliana Marinho, dentro das residências.


A supervisora do Programa Municipal de Combate à Dengue, Juliana Marinho, orienta como moradores podem indicar locais onde há possibilidade de ter focos do Aedes aegypti.


A prefeitura reforçou ainda a importância da colaboração dos moradores, seja permitindo a entrada dos agentes nas casas e também tirando 10 minutos semanais para a limpeza e eliminação de criadouros.


Saiba mais:

3 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page