• Radio Catedral

13 de junho: Santo Antônio exemplo a ser seguido

Por Fabíola Castro


Nesta quinta-feira, 13 de junho, a Igreja Católica celebra Santo Antônio, um dos santos mais populares do catolicismo, padroeiro da Arquidiocese de Juiz de Fora, da cidade, do Seminário Arquidiocesano e de diversas paróquias e comunidades.


Santo Antônio nasceu em Lisboa no dia 15 de agosto de 1195. Foi batizado com o nome de Fernando de Bulhões. Aos 19 anos entrou para o mosteiro dos Cônegos Regulares de Santo Agostinho, em Lisboa. Dois anos depois, foi para Coimbra onde ficou por 10 anos se aprimorando no conhecimento intelectual. Em Coimbra foi ordenado sacerdote. Tinha o dom da palavra e força na pregação.


Em Coimbra, Santo Antônio conheceu os Frades Franciscanos e se entusiasmou pelo fervor e radicalidade com que viviam o Evangelho. Ao ver na Praça de Coimbra os corpos de cinco franciscanos martirizados em Marrocos por anunciarem o Evangelho, se sentiu tocando profundamente, tanto que decidiu se tornar Franciscano. No dia de receber o hábito franciscano mudou o nome para Frei Antônio.


Em seu ardor missionário fez o pedido para ir ao Marrocos pregar o Evangelho, disposto também a dar a vida por Jesus Cristo. Mas durante a viagem ficou muito doente e foi obrigado a voltar. Na viagem de volta o barco onde estava foi atingido por uma forte tempestade que desviou a rota, e ele foi parar na Itália.


Santo Antônio conheceu pessoalmente São Francisco de Assis, que por seu conhecimento teológico o colocou responsável pela formação dos frades. Após a morte de São Francisco, Santo Antônio foi à Roma apresentar ao Papa Gregório IX a Regra da Ordem Franciscana.


Santo Antônio ficou muito conhecido pelos seus grandes sermões. Sua maneira de pregar atraía multidões e provocava profunda conversão no coração daqueles que o escutavam. Mas Santo Antônio é lembrado, acima de tudo, por ser, a exemplo de São Francisco, um grande irmão dos mais pobres, um olhar atento aos necessitados e um coração que partilhava o pão e o dom da vida.


Por ser um grande pregador e conhecedor bíblico, foi chamado de “arca do Testamento”, pelo Papa Gregório IX. É comum ver sua imagem segurando o Livro dos Evangelhos, e sobre o livro o Menino Jesus, que expressa como sua pregação revelava, o Verbo Encarnado.


Santo Antônio morreu em Pádua, Itália, em 13 de junho de 1231, com 36 anos. Após sua morte aconteceram tantos milagres que 11 meses depois ele foi beatificado e canonizado.


Quando seu corpo foi exumado sua língua estava intacta. São Boaventura, frade Franciscano que estava presente, disse que esse milagre era a prova de que sua pregação era inspirada por Deus. Sua língua esta exposta até hoje na Basílica dedicada a ele em Pádua.


Em 1946 foi proclamado Doutor da Igreja pelo Papa Pio XII. Ele é conhecido tanto como Santo Antônio de Lisboa, pela cidade onde nasceu em Portugal, como Santo Antônio de Pádua, pela cidade onde morreu na Itália. São referências de lugares diferentes onde viveu um mesmo Santo que amou a Jesus Cristo na forma como amou e pregou o Evangelho aos pobres.


O Arcebispo Metropolitano de Juiz de Fora, Dom Gil Antônio Moreira, fala sobre o exemplo de missionário que foi Santo Antônio.

“Cessem as palavras, falem as obras”. Santo Antônio vivia este lema e o deixou como testemunho de vida.

Santo Antônio praticava e vivia a caridade, por isso, outra devoção muito forte deixada por este santo é a do pão de Santo Antônio.

A devoção popular tem Santo Antônio como o santo casamenteiro e Dom Gil explica de onde vem essa fama.

Dom Gil conta que Santo Antônio está intimamente ligado à história de Juiz de Fora, é o titular da sede da Arquidiocese, a Catedral e da Paróquia Santo Antônio do Paraibuna, de onde nasceu a cidade.

Em Juiz de Fora, as festividades em honra do padroeiro movimentam a cidade.

Além da Catedral Metropolitana e do Seminário Arquidiocesano, que são dedicados a Santo Antônio, outras seis paróquias e uma quase-paróquia de nossa Igreja Particular têm o santo como seu titular. Todos esses locais realizam programações especiais, assim como comunidades e capelas de Juiz de Fora e do interior.


Clique aqui e confira a programação completa.


*Com informações de a12.com/santododia

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco
  • 347814db5ead8ece1540a586342c64b7_logo-ds

© Criado por Elias Arruda.  Todos os direitos reservados à Rádio Catedral - FM .