• Radio Catedral

11 de julho: Igreja celebra São Bento

Por Fabíola Castro



Nesta quinta-feira, 11 de julho, a Igreja celebra São Bento, responsável pela edificação de diversos mosteiros e fundador da Ordem dos Beneditinos.


Abade vem de “Abbá”, que significa pai, e isto o santo deste dia bem soube ser do monaquismo ocidental. São Bento nasceu em Núrcia, próximo de Roma, em 480, numa nobre família que o enviou para estudar na Cidade Eterna, no período de decadência do Império.


Diante da decadência – também moral e espiritual – o jovem Bento abandonou todos os projetos humanos para se retirar nas montanhas da Úmbria, onde dedicou-se à vida de oração, meditação e aos diversos exercícios para a santidade.


Depois de três anos numa retirada gruta, passou a atrair outros que se tornaram discípulos de Cristo pelos passos traçados por ele, que buscou nas Regras de São Pacômio e de São Basílio uma maneira ocidental e romana de vida monástica. Foi assim que nasceu o famoso mosteiro de Monte Cassino.


A Regra Beneditina, devido a sua eficácia de inspiração que formava cristãos santos por meio do seguimento dos ensinamentos de Jesus e da prática dos Mandamentos e conselhos evangélicos, logo encantou e dominou a Europa, principalmente com a máxima “Ora et labora” (reza e trabalha).


Para São Bento a vida comunitária facilitaria a vivência da Regra, pois dela depende o total equilíbrio psicológico; desta maneira os inúmeros mosteiros, que enriqueceram o Cristianismo no Ocidente, tornaram-se faróis de evangelização, ciência, escolas de agricultura, entre outras, isso até mesmo depois de sua morte com 67 anos em 547. São Bento foi declarado patrono principal de toda a Europa, pelo Papa Paulo VI em 1964.


O Arcebispo Metropolitano de Juiz de Fora, Dom Gil Antônio Moreira, fala sobre o santo que dedicou-se à vida de oração, meditação e aos diversos exercícios para a santidade.

São Bento é bastante conhecido também por sua medalha, que contém muito significado para todos aqueles que a carregam e até os dias de hoje é venerada com muita fé por seus devotos. O Padre Leonardo Pinheiro fala sobre a simbologia desta medalha.

A medalha de São Bento é um objeto sagrado aprovado pela Igreja, e que reúne a virtude triunfante da Santa Cruz, que nos salvou, à recordação deste santo, servidor de Deus.

Padre Leonardo Pinheiro explica os símbolos que vêm gravados na medalha.

Ainda do outro lado da medalha de São Bento, mais significados que representam fé e proteção.


Celebrações:


Mosteiro da Santa Cruz


Em Juiz de Fora, no Mosteiro da Santa Cruz das Monjas Beneditinas, localizado no Bairro Paineiras, houve uma Missa Solene pela manhã, presidida pelo Bispo de Petropólis (RJ), Dom Gregório Paixão, OSB. Nesta mesma celebração, a Irmã Catarina Elisa Lacerda, OSB, celebrou o Jubileu de Prata - 25 anos de seus votos perpétuos.


Comunidade São Bento - Borborema


Na Comunidade São Bento, localizada no Bairro Borborema, foi realizado o tríduo em preparação à festa do padroeiro. Já nesta quinta-feira (11), haverá a Santa Missa às 19h30.


Comunidade São Bento - Belmiro Braga (MG)


Em Belmiro Braga (MG), também há uma capela dedicada ao fundador da Ordem dos Beneditinos, localizada no Distrito de Sobragy. Nesta quinta (11), haverá missa e procissão, às 19h.


Comunidades São Bento - Zona Rural de Bias Fortes (MG)


Na Paróquia Nossa Senhora das Dores, em Bias Fortes, há duas comunidades que homenageiam São Bento. Na capela localizada em Serra (área rural) a festa em honra ao padroeiro será realizada no dia 14 de julho (domingo), às 13h. Já em Teixeiras (também área rural), a festa acontece no dia 27, com missa às 14h.



*Com informações de: santo.cancaonova.com

0 comentário