• Radio Catedral

Último dia do Congresso de Educação Católica tem palestras de Dom Zani e Dom Henrique Soares

Por Fabíola Castro


Dom Vincenzo Zani e Dom Henrique Soares.

Durante toda a terça-feira (5), foram realizadas as últimas palestras e atividades do 1º Congresso Internacional de Educação Católica da Arquidiocese de Juiz de Fora, que aconteceu desde a sexta-feira (1º), na Cúria Metropolitana.


O Secretário da Congregação para Educação Católica de Roma, Dom Vincenzo Zani, um dos principais, entre os vários palestrantes dos cinco dias de evento, ministrou sua última palestra antes de deixar Juiz de Fora, durante a tarde. Ele falou em dois momentos, sobre o tema “Educar na visão do Papa Francisco. As contribuições da Educação Católica no mundo multicultural’.


Em entrevista, Dom Zani destacou os momentos que vivenciou durante o Congresso.

“A experiência que tive aqui foi a de encontrar um grupo tanto de professores, quanto de diretores, de pais e alunos abertos e muito interessados em saber o que devem fazer em um Colégio Católico; o que a Igreja pretende e querem ouvir a Igreja. Esse interesse é muito importante para que as coisas melhorem, cresçam. Por isso, volto para Roma com essa boa impressão do trabalho feito aqui e desses dias do Congresso”.

“Faço muitas viagens à Africa, ao Oriente, ao mundo inteiro, e posso comparar o ambiente que encontrei aqui com o ambiente encontrado em outros países. Primeiro que há um caminho preparatório, vê-se que este Congresso não é algo isolado, mas resultado de uma preparação, de uma caminhada da Pastoral Educacional da Arquidiocese. Há um interesse da comunidade educativa de acertar, de buscar aquilo que a Igreja diz, dispostos a acolher e assim progredir no campo da educação católica”, disse ainda o Secretário da Congregação para Educação Católica de Roma, Dom Vincenzo Zani.

Senti aqui também a preocupação quanto aos desafios da própria situação brasileira nos últimos anos. Há uma grande preocupação, o que será do Brasil... e os membros das Escolas Católicas, os pais, tem uma vontade de saber como podem ajudar o país a encontrar caminhos novos, caminhos acertados para a educação, inclusive, rejeitando coisas que desafiam as famílias, a fé, o direito que as pessoas têm de crer e de educar os filhos segundo sua crença”, expressou o religioso, que ainda falou da sua gratidão.

“Agradeço a Dom Gil pelo empenho, por todo esforço para realizar este Congresso e, não só o Congresso, mas também a caminhada anterior. Desejo felicidades e bênçãos para a nova fase, já que este evento era um ponto de chegada, mas também de partida. Se deve andar avante. Cumprimento toda a Arquidiocese por esta iniciativa de formação aos educadores, para que os colégios tenham o sentido que a Igreja deseja que tenham”.


O Arcebispo Metropolitano de Juiz de Fora, Dom Gil Antônio Moreira, comentou que ao realizar este Congresso se objetivou atender ao anseio de pais, educadores e escolas, de ouvir o que a Igreja tem a orientar.

Dom Gil explicou ainda que a Igreja é mestra.

O Congresso Internacional de Educação Católica seguiu durante a tarde de terça-feira e também a noite, contando com apresentação musical, feedbacks positivos e muitos agradecimentos.


O Bispo da Diocese de Palmares (PE), Dom Henrique Soares, ainda discorreu aos presentes sobre a “Mística do Educador Católico: formar a pessoa com Cristo e para Cristo”. E também sobre "A corresponsabilidade da família e da escola na educação dos filhos".


O Congresso terminou com uma celebração de encerramento conduzida pelo Arcebispo Metropolitano de Juiz de Fora, Dom Gil Antônio Moreira.

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco
  • 347814db5ead8ece1540a586342c64b7_logo-ds

© Criado por Elias Arruda.  Todos os direitos reservados à Rádio Catedral - FM .